28.4 C
Guanambi
22.5 C
Vitória da Conquista

Bolsonaristas bloquearam rodovias federais em oito pontos na Bahia

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Pelo menos oito protestos de bolsonaristas inconformados com a derrota nas urnas foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias federais baianas.

De acordo com o último boletim da corporação, divulgado pouco antes das 23h desta segunda-feira (31), três pontos permaneciam com o trânsito totalmente interditado. Os manifestantes estão fazendo barricadas de pneus e ateando fogo para realizar os bloqueios.

Em várias partes do país ocorrem protestos semelhantes. A única pauta é a permanência de Jair Bolsonaro (PL) na presidência, pois os manifestantes alegam que houve fraude na eleição, mesmo não apresentando provas concretas sobre as acusações.

Os pontos com bloqueio até o fim da noite são na BR-020, em Correntina, na BR-116, em Feira de Santana, e na BR-242, em Barreiras.

Oeste Baiano

Em Barreiras, no Oeste Baiano, cerca de 50 pessoas usaram 30 veículos em bloqueio na BR-242, no trevo para a cidade de Angical, iniciado por volta das 19h. A PRF informou que o protesto foi desmobilizado às 20h15, no entanto, poucos minutos depois, os manifestantes bloquearam a rodovia novamente em outro ponto a aproximadamente um quilômetro do local do primeiro bloqueio.

Outro ponto com bloqueio ainda vigente na região é no município de Correntina, na BR-020, no distrito de Rosário, na divisa com o Estado de Goiás. Desde as 17h, cerca de 80 manifestantes bloqueiam totalmente a passagem de veículos.

Em Luís Eduardo Magalhães, primeira cidade a registrar protestos, os manifestantes fecharam a BR-020 ainda no domingo (30) e só liberaram no meio da madrugada. No início da tarde, cerca de cem manifestantes foram novamente para a rodovia e mantiveram um bloqueio parcial até por volta das 20h, de acordo com a PRF.

BR-116

O terceiro ponto que ainda permanece com bloqueio na Bahia até o fim da noite é na BR-116, no quilômetros 422, próximo à cidade de Feira de Santana. Desde 17h40 ocorre a interdição total da pista. Aproximadamente 20 populares e caminhoneiros fazem o bloqueio na cidade.

Também teve interdição em Vitória da Conquista. No início da noite, cerca de trinta manifestantes atearam fogo em pneus e impediram o trânsito de todos os veículos. Um grande congestionamento se formou na rodovia e a pista só foi totalmente liberada às 21h09.

Em seguida, um outro da rodovia foi novamente bloqueado e a liberação ocorreu minutos depois. Às 21h44, a Via Bahia, concessionária que administra a BR-116 informou que a pista estava totalmente libera.

Mucuri

No Sul do Estado, em Mucuri, o quilômetros 935 da BR-101 foi bloqueado às 18h. A interdição total da pista foi feita pela queima de pneus. Às 19h15, a pista já estava totalmente liberada.

Alexandre de Morais

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou hoje (31) o total desbloqueio das rodovias federais que registraram paralisações de caminhoneiros.

Pela decisão, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e as policias militares estaduais deverão cumprir a decisão e garantir total trafegabilidade do trânsito de veículos.

Para Moraes, as paralisações “desvirtuam o direito constitucional de reunião”.

“O quadro fático revela com nitidez um cenário em que o abuso e desvirtuamento ilícito e criminoso no exercício do direito constitucional de reunião vem acarretando efeito desproporcional e intolerável sobre todo o restante da sociedade, que depende do pleno funcionamento das cadeias de distribuição de produtos e serviços para a manutenção dos aspectos mais essenciais e básicos da vida social”, afirmou o ministro.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias