21.7 C
Guanambi
18.8 C
Vitória da Conquista

Diocese de Caetité emite nota sobre suposto envolvimento de padre em caso de abuso sexual

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

A Diocese de Caetité emitiu uma nota oficial em resposta às notícias recentes que foram publicadas em alguns veículos da região, sobre o suposto envolvimento de um padre na facilitação de um caso de abuso sexual, cometido contra um menor de 14 anos, na cidade de Jacaraci.

A nota assinada pelo padre Danilo Lima, chanceler do bispado, e pelo próprio bispo, Dom Carvalho, afirma que a Diocese está pautada na “promoção da verdade, dos bons costumes e no estabelecimento da Justiça”, ressaltando que a investigação sobre o caso segue sigilosa.

O documento afirma ainda que a instituição religiosa “está em plena colaboração com a supracitada justiça, tomando também medidas eclesiásticas cabíveis para o melhor estabelecimento da verdade”.

Os religiosos finalizaram a nota afirmado que a instituição aguarda a conclusão das investigações. “Até que as investigações sejam concluídas não nos cabem quaisquer julgamentos”.

Uma reportagem do site Sudoeste Bahia informou que a Justiça chegou a determinar uma medida protetiva a favor do adolescente que teria sido vítima de abuso sexual, praticada por um homem com a suposta conivência do religioso. O caso teria ocorrido na antiga casa paroquial da cidade e a vítima atuava como coroinha na igreja.

O referido site teve acesso à carta precatória que determinava a adoção de medidas protetivas, como a proibição de frequentar a igreja de Jacaraci, bem como qualquer outro templo religioso onde haja contato com crianças. O documento que estava público acabou sendo colocado sob sigilo após o caso se tornar público.

Segundo a reportagem, o suspeito não pode ter contato com as vítimas nem com investigados e com outros coroinhas da Paróquia de Jacaraci. Além disso, ele foi afastado das atividades religiosas e encontra-se com liberação da Diocese apenas para visitar sua mãe.

O advogado do padre disse que ele “sempre pautou seu sacerdócio no amor, se colocando a serviço da comunidade cristã, seguindo os ensinamentos de Cristo”, e que vai buscar o Poder Judiciário após a conclusão do inquérito para reparar os danos sofridos por seu cliente após a denúncia de envolvimento com o abuso sexual.

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias