19.5 C
Guanambi
16 C
Vitória da Conquista

Polícia prendeu autor de latrocínio ocorrido no início do mês em Caetité

Como celular e outros pertences da vítima foram subtraídos, autor foi indiciado por latrocínio.

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Um homem foi preso em Caetité nesta segunda-feira (26). Ele confessou ter matado Juliano Brito de Oliveira, ocorrido no dia 4 de dezembro. A prisão ocorreu no mesmo dia em que a vítima completaria 43 anos.

De acordo com informações da Polícia Civil, as investigações foram iniciadas imediatamente após o crime.

O coordenador da 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (22ª Coorpin), delegado Clécio Guimarães, informou que o jovem de 20 anos, identificado apenas como Cleiton, confessou ser o autor do crime que abalou a cidade de Caetité.

Ele disse em depoimento que estrangulou a vítima com um golpe do tipo “mata-leão” e depois ainda a atingiu com golpes na cabeça. usando um tijolo de construção. Cleiton disse também que cometeu o crime após se desentender com Juliano durante o consumo de drogas.

Apesar da versão repassada pelo autor de briga, a polícia considera que a ação caracteriza-se como crime de latrocínio, com morte seguida de roubo, uma vez que o celular e outros objetos da vítima foram subtraídos.

Um segundo homem também teve prisão temporária cumprida, pois estava em posse do aparelho. Ele está sendo investigado por participação no crime, mas alegou aos policiais que apenas comprou o celular que pertencia à vítima, versão confirmada pelo autor.

O coordenador disse que acredita que a prisão será revogada caso todas as informações sejam confirmadas.

Além das duas prisões relacionadas à morte de Juliano, dois suspeitos de assaltar um posto de combustíveis também foram presos. Todos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Guanambi.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias