23.9 C
Guanambi
19.8 C
Vitória da Conquista

Usinas de Sobradinho e Xingó terão vazões aumentadas para 3.000 m³/s

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Eletrobrás Chesf) informou que vai aumentar as vazões das usinas hidroelétricas de Sobradinho e Xingó, no Rio São Francisco, na Bahia e na divisa de Alagoas e Sergipe.

Em Minas Gerais, a Cemig também informou que irá iniciar a abertura de comportas da Hidroelétrica de Três Marias, na Região Central do estado.

O aumento começou a ser praticado neste sábado (7), aumentando o nível do rio São Francisco gradativamente até a próxima sexta-feira (13). De acordo com a estatal, a vazão no trecho do complexo hidroelétrico chegará a 3.000 metros cúbicos por segundo (m³/s).

A programação foi autorizada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) que referendou a declaração da situação de cheia na Bacia Hidrográfica. As alterações seguem as regras e diretrizes vigentes para a operação de controle de cheias.

Nesta sexta-feira (6), o volume útil do reservatório de Sobradinho era 75%, com 3.800 m³/s de afluência e defluência de 1.220 m³/s. Neste sábado, foi elevada para 1.300 m³/s. Já em Xingó, a afluência foi elevada de 1.100 m³/s para 1.800 m³ na quinta-feira (5), diferente da programação divulgada.

Programação de Afluência

Data Defluência total média diária (m³/s)
Sobradinho Xingó
07/01/2023 (sábado) 1.300 1.500
08/01/2023 (domingo) 1.300 1.100
09/01/2023 (segunda-feira) 1.800 1.500
10/01/2023 (terça-feira) 2.300 1.800
11/01/2023 (quarta-feira) 2.800 2.300
12/01/2023 (quinta-feira) 3.000 2.800
13/01/2023 (sexta-feira) 3.000 3.000

 

A Chesf destacou que os valores indicados correspondem à defluência total, podendo ser turbinada e/ou vertida, a depender da necessidade de atendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN), conforme procedimento de otimização energética envolvendo as diversas regiões do País, coordenado pelo ONS.

Cheia menor em 2023

No início de 2022, a Bacia do Rio São Francisco vivenciou volumes de chuvas que proporcionou o enchimento do Reservatório de Sobradinho, liberando uma defluência máxima média diária no valor de 4.000 m³/s.

Neste ensejo, a Chesf ressaltou que é fundamental chamar atenção para a importância da não ocupação de áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, haja vista o período úmido em curso e a possibilidade de elevação das vazões para valores acima de 4.000 m³/s, a depender da evolução do quadro de chuvas na Bacia.

Importante destacar que a vazão de restrição no Vale é 8.000 m³/s. Informamos que as alterações de vazão serão comunicadas também através de mensagem SMS. Por oportuno, no que diz respeito à segurança de barragens, informamos que todas as usinas operadas pela Chesf encontram-se em condições seguras, operando em total normalidade, sendo monitoradas de forma contínua, com procedimento de rotina de inspeção local e avaliação dos instrumentos de segurança

 

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias