20.4 C
Guanambi
14.2 C
Vitória da Conquista

Escolas realizam seleção de monitores do Programa Mais Estudo até segunda-feira

Mais Lidas

As escolas da rede estadual de ensino já estão realizando a seleção dos estudantes do Ensino Fundamental (8º e 9º ano), do Ensino Médio e da Educação Profissional que atuarão como monitores do Programa Mais Estudo, nas disciplinas de Matemática, Língua Portuguesa e Iniciação Científica. O processo segue até segunda-feira (29).

São 52 mil vagas ofertadas para o programa, que tem o objetivo de apoiar as aprendizagens dos estudantes participantes da monitoria, sempre no turno oposto ao qual estão matriculados.

Uma das novidades é que o valor da bolsa passou de R$ 100 para R$ 150, a receber mensalmente durante a vigência do Mais Estudo, que tem uma previsão de R$ 54,6 milhões de investimentos, em 2023, com recursos próprios do Estado.

Em Salvador, a estudante Carolina Luiza da Silva, 18, 3º ano, Colégio Estadual Ministro Aliomar Baleeiro, foi selecionada pela segunda vez. “Minha experiência, no ano passado, foi muito positiva, pois consegui atingir meu objetivo, que era ajudar os meus colegas no desempenho da disciplina de Iniciação Científica e, este ano, espero ajudar ainda mais na monitoria de Língua Portuguesa”, disse. Andrey Vitor Santos, 17, 3º ano, do mesmo colégio, que foi pré-habilitado em Língua Portuguesa e Matemática, participará do programa pela primeira vez como monitor de Matemática. “Acho a iniciativa muito importante, porque os colegas podem aprender os assuntos com mais facilidade com alguém na mesma posição que eles”, afirmou.

No distrito de Pedra Vermelha, em Monte Santo, a estudante Ludmila Silva, 17, 3º ano, que mora na Fazenda Desterro do Alto Alegre, está entre os monitores selecionados no Colégio Estadual do Campo de Pedra Vermelha. “Vou ser monitora de Matemática pela segunda vez e estou na expectativa para o início das aulas. Gostei de saber que o valor da bolsa aumentou, pois me ajuda muito em despesas de casa e na compra de material escolar”, contou.

Segundo a superintendente de Políticas para a Educação Básica da SEC, Leninha Vila Nova, o Mais Estudo é uma estratégia de recomposição das aprendizagens. “Pelo programa é possível garantir que os estudantes estejam na centralidade dos processos de ensino e aprendizagem, acompanhados por professores das respectivas áreas do conhecimento, selecionados por meio do edital publicado, para garantir a qualidade do programa e o incentivo à participação estudantil e à permanência de todos e todas na escola”.

Pré-requisitos – Os estudantes candidatos à monitoria precisam seguir alguns critérios, como estarem matriculados no ano de 2023; possuírem Cadastro de Pessoal Física (CPF); terem obtido aproveitamento no componente curricular para o qual pleiteiam a monitoria com média igual ou superior a 8,0 (oito) no ano anterior; e frequência igual ou superior a 75%. A divulgação do resultado será feita pelas unidades escolares, no dia 29 de maio. De acordo com o cronograma, o período de recursos será entre 30 e 31 de maio. O início da monitoria se dará no dia 2 de junho.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas