25.5 C
Guanambi
22.1 C
Vitória da Conquista

Saiba como observar o eclipse anular do sol deste sábado

Mais Lidas

Nestes sábado (14), um evento astronômico especial poderá ser assistido em boa parte do Brasil. Trata-se do Eclipse Anular do Sol 2023, fenômeno em que a lua se alinha entre a Terra e o sol, cobrindo a maior parte do disco solar, mas deixando apenas um “anel de fogo” brilhante ao redor da borda.

As primeiras localidades do Norte do país verão o início do fenômeno por volta das 15h. O fenômeno continuará sobre o país até o pôr-do-sol, por volta das 18h.

De acordo com o Observatório Nacional, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (ON/MCTI), a faixa de anularidade vai passar por nove Estados: Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Tocantins, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. No entanto, apenas duas capitais poderão ver a anularidade. Em Natal, no Rio Grande do Norte, o ápice do eclipse deve ser às 15h45, e João Pessoa, na Paraíba, um minuto depois, às 15h46.

Regiões mais próximas da linhas vermelha terão melhor visão do eclipse

Diferente do eclipse total do sol, que ocorre quando a lua cobre completamente o disco solar, deixando apenas a coroa solar visível, o eclipse anular ocorre quando a lua está mais distante da Terra e seu diâmetro aparente não fica exatamente igual ao diâmetro aparente do Sol.

O órgão também divulgou uma cartilha com os cuidados a serem tomados ao se observar o fenômeno. De acordo com o dumento, o uso de óculos de sol comum, celulares, chapa de raio-x, câmeras ou telescópios sem os filtros apropriados podem causar danos permanentes à sua visão.

Assistir ao vivo

Observatório Nacional lançou uma página da Web totalmente dedicada a fornecer informações sobre o Eclipse Anular do Sol 2023. Este evento astronômico especial será transmitido ao vivo pelo ON e seus parceiros em uma ação integrada.

No site tem explicações detalhadas sobre o Eclipse Anular do Sol, a cartilha sobre o eclipse, elaborada pelas Coordenações Nacionais de Divulgação da Astronomia (NOC), ligadas à União Astronômica Internacional (IAU), além de um folheto informativo pronto para impressão, que destaca as precauções essenciais para observar o eclipse com segurança.

Além disso, o site contém o link da transmissão ao vivo do eclipse, que é resultado de uma ação integrada entre o ON e diversas instituições brasileiras e em parceria internacional com o Time and Date, organização internacional que fornece serviços relacionados ao tempo, clima, fenômenos astronômicos e fusos horários.

No site ainda é possível encontrar também um mapa interativo que mostra todas as atividades que serão realizadas no âmbito do eclipse em várias partes do Brasil pelos parceiros do ON.

O objetivo dessa iniciativa é ampliar a divulgação do eclipse, divulgar as atividades que serão realizadas em várias partes do Brasil e informar o público sobre como observar o eclipse com segurança.

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas