25.5 C
Guanambi
22.1 C
Vitória da Conquista

Salvador receberá 71 navios de cruzeiros até março de 2024

Mais Lidas

Com previsão de receber 71 navios de cruzeiro até março de 2024, Salvador deverá ter temporada de cruzeiros extremamente positiva nesta edição para o fortalecimento do ecossistema turístico da cidade. As embarcações deverão aportar na capital baiana a partir dessa semana, vindo dos mais variados lugares, a exemplo das cidades de Belém (PA), Maceió (AL), Recife (PE), Búzios (RJ), Santos (SP), Cabo Frio (RJ) e Porto Seguro (BA).

Conforme informações da Prefeitura de Salvador, os visitantes chegarão para desfrutar das belezas da primeira capital do Brasil por um dia, movimentando a economia local, principalmente do centro antigo da cidade. Estas embarcações serão responsáveis por trazer à capital mais de 300 mil passageiros neste período.

O diretor de Turismo da Secult, Gegê Magalhães, explicou que Salvador está preparada para receber bem os turistas, que devem fortalecer a economia da cidade. “Fizemos várias reuniões com diversos agentes da Prefeitura, trade turístico, terminal marítimo de Salvador e representantes das forças de segurança pública. O tema foi a preparação para a maior temporada de navios de todos os tempos. Salvador está prevista para receber milhares de visitantes, que vão chegar pelo porto de nossa cidade. Com tantos agentes públicos e privados comprometidos, tenho certeza que teremos êxito nessa missão com louvor”, contou.

Passarão pela Baía de Todos-os-Santos navios como o MSC Preziosa, Costa Favolosa, Europa 2, Costa Diadema, Seven Seas Splendor e MSC Seaview. Além dos navios vindos de destinos nacionais, também está prevista a chegada de embarcações de outros lugares do mundo, como Arrecife, cidade localizada no norte de Lanzarote, na Espanha, que aporta na capital baiana no dia 2 de dezembro e depois segue para Ilhéus.

Atrativos

Mesmo permanecendo na cidade por um dia, não faltam opções para os turistas apreciarem em Salvador. Na Cidade Baixa, ao sair do porto, o visitante já encontra atrativos. O Mercado Modelo, por exemplo, pode oferecer, além de compras de souvenires, experiências gastronômicas singulares. No local, é possível visitar restaurantes para apreciar os sabores da Bahia.

Próximo ao Mercado Modelo encontra-se a Cidade da Música da Bahia, espaço que oferece uma visita interativa, com recursos tecnológicos e, acima de tudo, muito conhecimento. Voltada para a história da produção musical baiana, o equipamento dispõe sobre a história da música e dos artistas. Também conta com telas interativas associando os bairros de Salvador aos ritmos musicais e diversos outros recursos. O local funciona de terça-feira a domingo, das 10h às 18h e os ingressos custam R$20 (inteira) e R$10 (meia).

Subindo o Elevador Lacerda, um dos maiores cartões postais de Salvador, o visitante encontra o letreiro turístico com a nova marca da cidade e pode garantir fotos para documentar a passagem pela primeira capital do país. A poucos metros dali, é possível ainda conhecer a Casa do Carnaval, situada na Praça Ramos de Queirós, no Pelourinho.

O museu traz nos seus ambientes a diversidade presente no carnaval baiano e tem o acervo formado por obras de artistas plásticos que representam o carnaval por meio dos quadros, esculturas e máscaras que lembram os antigos carnavais, e diversas outras peças. O espaço de cultura está aberto para visitação de terça a domingo, das 10h às 18h, e o ingresso custa R$20 (inteira) e R$10 (meia).

No coração da cidade estão o Terreiro de Jesus e o Pelourinho, onde podem ser conferidos os casarões, igrejas e ambientes que remetem à época do Brasil Colônia, como as Igrejas da Ordem Terceira do São Francisco e de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, o prédio da Faculdade de Medicina da Bahia – a primeira a ser instalada no Brasil e o Largo do Pelourinho.

Além disso, os visitantes podem apreciar uma vasta gastronomia em diversos restaurantes espalhados pela região e muita música, em projetos como o Cole no Centro, com apresentações gratuitas dos grupos afro Muzenza, A Mulherada, Cortejo Afro, Didá e Filhos de Gandhy, e ensaios como o do cantor Gerônimo e da Orquestra Rumpilezz.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas