25.5 C
Guanambi
22.1 C
Vitória da Conquista

Ministério da Educação divulgou tema da redação do Enem 2023

Mais Lidas

O Ministério da Educação divulgou o tema da redação do Enem 2023. O anúncio foi feito às por meio das redes sociais da pasta e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)  14h18, menos de uma hora após o início da aplicação das provas em todo o país.

O assunto escolhido este ano foi: “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”. O ministro da educação Camilo Santana fez o anúncio do tema ao lado do presidente Lula e de servidores do Inep.

Os candidatos deverão fazer um texto dissertativo-argumentativo com base em seus conhecimento e nos textos de apoio, que devem ser usados para embasar argumentos para a redação em cerca de 30 linhas, com uma proposta de intervenção – uma espécie de sugestão de solução para o problema – que respeite os direitos humanos.

Tanto as respostas das questões objetivas quanto o texto da redação devem ser preenchidos com caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

Além da redação, a prova do Enem divide seu conteúdo em quatro áreas do conhecimento com 45 questões de múltipla escolha para cada área.

São 90 questões no primeiro dia, e 90 questões no segundo dia de provas. No primeiro dia as provas são sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia); w Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Português, Literatura, Artes e Língua Estrangeira – Inglês ou Espanhol, sendo a língua escolhida pelo próprio candidato no ato da inscrição).

Cerca de 3,9 mil candidatos se inscreveram para esta edição do Enem. Os portões para o primeiro dia de provas foram fechados às 13h e às 13h30 as provas foram iniciadas. Os participantes têm até às 19h, no horário de Brasília, para concluir as respostas e a redação.

Segundo as regras do exame, os participantes só podem deixar a sala de provas, em definitivo, duas horas após o início da aplicação, às 15h30. Só é permitido sair com o Caderno de Questões nos 30 minutos finais da aplicação, ou seja, às 18h30.

Ao todo, são 9.399 locais de prova e 132.456 salas de aplicação, em 1.750 municípios, nas 27 unidades da federação.

O presidente Luís Inácio Lula da Silva e o ministro da Educação Camilo Santana, estiveram pessoalmente na sede do Inep antes do início das provas.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas