19.3 C
Guanambi
15.4 C
Vitória da Conquista

Fapesb lançou edital de apoio a publicações científicas e tecnológicas

Mais Lidas

A Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), órgão vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), lançou nesta quarta-feira (31), o Edital Apoio à Publicação Científica, Tecnológica ou de Popularização das Ciências, que tem como objetivo apoiar propostas de publicações de livros não seriados, sobre temas diversos relacionados à ciência, tecnologia e inovação, e que promovam a difusão de conhecimentos para o desenvolvimento do estado.

De acordo com informações da Fapesb a cerimônia de lançamento aconteceu na Fapesb, no Espaço Lazareto, no birro da Federação, em Salvador, e contou com a presença do secretário da Secti, André Joazeiro, do diretor Geral da Fundação, Handerson Leite, e de representantes de editoras e universidades baianas.

Com investimento de R$ 2 milhões, o novo edital busca incentivar o incremento das publicações científicas e/ou tecnológicas, sendo elas monográficas ou coletâneas, em especial aquelas produzidas na Bahia e que contribuam para o desenvolvimento econômico, social e cultural baiano. Para cada proposta contemplada a Fapesb disponibilizará até R$ 40 mil.

O secretário da Secti, André Joazeiro, destacou a importância do lançamento desse edital para a Bahia. “Esse é um edital de retomada de uma política de publicações que foi interrompida. Já faz dez anos que não fazíamos isso, portanto tem uma demanda grande de trabalhos para serem publicados. Além disso, tem a popularização da ciência, que é também uma proposta do edital para contemplar publicações para os jovens que têm interesse de estudar a questão da ciência”.

Handerson Leite, diretor Geral da Fapesb, lembrou que a Bahia é um celeiro de grandes obras científicas. “Nós temos uma grande produção científica que é feita nas pós-graduações, ou pelos próprios professores das universidades, e esses trabalhos ficam um tanto represados por falta de financiamento na publicação. Então, esse edital vai ser importante não só pra divulgar a produção científica baiana, mas também para ajudar a populariza as ciências. Espero que tenhamos obras que ajudem nessa popularização”, completou.

Para Susane Santos Barros, diretora da Editora da Universidade Federal da Bahia (Edufba), a publicação impressa ainda tem o seu espaço. “Apesar das pessoas gostarem muito do eletrônico, o livro impresso ainda ocupa um espaço muito importante na divulgação dos resultados de pesquisa. Além disso, é uma forma de atingir a sociedade como um todo. Para mim, isso é muito importante, porque é diferente de publicar e divulgar entre os pares. Quando você atinge a sociedade, ao mesmo tempo está prestando conta sobre o que está sendo feito em termos de pesquisa. Isso significa avanço”, destacou Susane.

Conforme o Edital, o período para submissão de propostas para a primeira chamada é a partir de 19 de fevereiro. Todos os critérios para submeter os projetos, bem como o cronograma do edital estão publicados na aba editais do portal da Fapesb.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas