30.6 C
Guanambi
28 C
Vitória da Conquista

Inmet divulgou boletim Agroclimatológico para os próximos três meses

Mais Lidas

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou mais um Boletim Agroclimatológico Mensal, documento que apresenta a análise das condições climáticas observadas no Brasil em fevereiro de 2024, bem como as condições oceânicas observadas e suas tendências e o Prognóstico Agroclimático para o período: fevereiro, março e abril de 2024.

De acordo com o órgão, o boletim tem o objetivo de levar aos usuários informação meteorológica direcionada às atividades do campo.

O documento aponta que a Região Nordeste ainda deve continuar sendo impactada pelo El Niño, com chuvas abaixo e temperaturas acima da médica climatológica na maior parte do território, embora ainda exista previsão de bons volumes de chuva na primeira metade do trimestre em análise.

O Sul do Maranhão e do Piauí, bem como os estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe e o norte da Bahia devem ser as áreas mais impactadas, conforme indicam os tons avermelhados no mapa acima.

O boletim também aponta para chuvas acima da média na Região Sul, e no Oeste da Região Norte, e próximas da média no Centro Oeste e no Sudeste. Sobre o El Niño, o Inmet divulgou, na semana passada, um prognóstico apontado o seu enfraquecimento nos próximos meses e possibilidade de La Niña no segundo semestre.

Quanto às temperaturas, o prognóstico indica que elas ficarão acima da média em praticamente todo o território nacional, com maiores anomalias no Norte, Centro-Oeste e Interior do Nordeste.

Em relação aos níveis de água no solo, a previsão indica que eles ainda permanecerão baixos em algumas localidades da parte centro-leste da Região Nordeste, principalmente em fevereiro e março. Já em áreas do Maranhão, Piauí, Ceará e extremos oeste da Bahia, a previsão indica bons níveis de umidade do solo nos meses até março, porém pode haver uma ligeira redução durante o mês de abril.

Todas as informações pode ser conferidas no Boletim Agroclimatológico Mensal do Inmet.

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas