32.2 C
Guanambi
23.4 C
Vitória da Conquista

Nordeste tem alertas amarelo, laranja e vermelho para chuvas intensas nesta terça

Mais Lidas

As condições atmosféricas continuam favoráveis à ocorrência de chuvas intensas em boa parte do Brasil. Neste terça-feira, 20 de fevereiro, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu novos alertas meteorológicos, indicando riscos de diferentes intensidades relacionadas à alta probabilidade de temporais. Os avisos têm validade até 10h desta quarta-feira (21).

A situação de maior atenção, representada por um alerta vermelho, classificado como de grande perigo, engloba 48 municípios do norte do Piauí, onde pode ocorrer chuva superior a 60 mm/h ou acima de 100 mm/dia. com risco grande de alagamentos e transbordamentos de rios e grandes deslizamentos de encostas em cidades com tais áreas de risco.

Outro alerta, de cor laranja, engloba mais de 2,5 mil municípios de todos os estados do Nordeste, além de áreas de Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro e Tocantins.

Nestas localidades, são esperadas chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, acompanha de ventos intensos, com rajadas entre 60-100 km/h.

O alerta mais brando, de cor amarela, engloba mais municípios 367 municípios de uma faixa que vai de Salvador, na Bahia, até Natal, no Rio Grande do Norte, ficando de fora apenas os municípios mais próximos ao litoral.

Veja os detalhes do alerta Amarelo

Veja os detalhes do alerta Laranja

Veja os detalhes do alerta Vermelho

Previsão

A previsão indica que deve continuar chovendo na maior parte da Região Nordeste pelo menos até o fim de semana. A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) deverá fortalecer as instabilidades, principalmente no nordeste do Pará e litoral dos estados do Maranhão, Piauí e Ceará.

Além disso, as condições atmosféricas, influenciadas por um ciclone em alto mar na costa brasileira, favorecem a ocorrência de chuvas também no Sul da Região.

Nesta segunda-feira, o Inmet divulgou um novo Informativo Meteorológico com as previsões até o dia 6 de março.

Riscos

Durante rajadas de vento, é crucial adotar medidas preventivas para garantir a segurança pessoal e proteger bens materiais. Primeiramente, é aconselhável evitar abrigar-se sob árvores, visto que elas podem ser propensas a quedas e a atrair descargas elétricas, aumentando o risco de acidentes.

Da mesma forma, é recomendado não estacionar veículos nas proximidades de torres de transmissão e placas de propaganda, pois essas estruturas podem ser comprometidas pelo vento forte, representando um perigo potencial. Adicionalmente, para minimizar o risco de danos elétricos e garantir uma maior segurança, desligar aparelhos elétricos e o quadro geral de energia, quando possível, pode prevenir sobrecargas e curtos-circuitos causados por instabilidades na rede elétrica durante tempestades.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas