23.4 C
Guanambi
19.7 C
Vitória da Conquista

Estação do Inmet está há mais de seis meses sem funcionar em Guanambi

Mais Lidas

Desde o último dia 10 de outubro, a estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), localizada no Aeroporto Municipal Isaac Moura Rocha, em Guanambi, não registra dados.

Antes de parar de funcionar completamente, o equipamento vinha funcionando de forma precária há anos, perdendo registros importantes de chuva, temperatura, umidade relativa do ar, velocidade do vento e radiação.

Dos 45 equipamentos instalados no estado pelo órgão, 11 não registram dados há meses. Outros 16 funcionam de forma inadequada, sem registrar informações em alguns momentos do dia ou com problemas nos sensores de medição de chuva, vento ou umidade. Em dezembro do ano passado, havia cinco estações sem funcionamento e 13 com problemas.

À época, a reportagem da Agência Sertão entrou em contato com o 4º Distrito do Inmet, em Salvador, e com a assessoria de comunicação do órgão. No entanto, até o momento, nenhuma resposta sobre a previsão de manutenção dos equipamentos foi recebida. Em 2021, a estação de Guanambi também ficou por meses sem funcionar.

Em toda a Bahia, além de Guanambi, as estações de Abrolhos, Barra, Correntina, Cruz das Almas, Delfino, Formosa do Rio Preto, Macajuba, Maraú, Queimadas e Santa Rita de Cássia estão completamente inoperantes.

As estações com funcionamento parcial estão nas cidades de Caravelas, Euclides da Cunha, Feira de Santana, Ipiaú, Irecê, Itaberaba, Itamaraju, Itapetinga, Itiruçu, Lençóis, Luís Eduardo Magalhães, Porto Seguro, Remanso, Senhor do Bonfim, Una e Vitória da Conquista.

Em Vitória da Conquista, por exemplo, os registros de chuva estão comprometidos desde maio, há quase um ano. A estação também deixa de registrar a umidade relativa do ar durante vários momentos do dia. A vantagem é que a a cidade conta com uma estação convencional do órgão. Ambas ficam no campus da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Já a Região de Guanambi não conta com nenhum outro registro oficial das condições do tempo. Além disso, as estações convencionais de Carinhanha e Caetité foram desativadas nos últimos anos. A estação da segunda cidade foi inaugurada 1908 e era uma das mais antigas do país antes de sua desativação, em 2020.

Os dados das estações meteorológicas podem ser consultados no portal do Inmet.

Apagão meteorológico

Registrar dados meteorológicos é crucial, especialmente em tempos de mudanças climáticas, pois eles fornecem informações vitais para o entendimento das tendências e padrões climáticos. Esses registros são essenciais para monitorar e analisar variações e anormalidades climáticas, o que permite uma previsão mais precisa de eventos extremos como tempestades, secas e ondas de calor.

Além disso, são fundamentais para o planejamento de estratégias de mitigação e adaptação às mudanças climáticas, influenciando decisões em setores como agricultura, gestão de recursos hídricos, construção civil e saúde pública. Com dados precisos, é possível antecipar impactos, proteger populações e infraestruturas, e promover a sustentabilidade global.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas