22.4 C
Guanambi
18.1 C
Vitória da Conquista

Projeto para fortalecimento da agricultura foi lançado em Vitória da Conquista

Mais Lidas

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR), em parceria com a Embrapa, lançou nesta segunda-feira (27), no auditório Lúcia Dória (Cemae), o projeto Citrus do Futuro que tem por objetivo implementar a citricultura em Vitória da Conquista com incentivo de plantação de mudas de laranja, limão e tangerina.

De acordo com informações da Secretaria, o evento contou com palestras dos pesquisadores da Embrapa: Orlando Sampaio Passos, Walter Soares Filho e Fernando Herrera.

O projeto é uma iniciativa do programa Vamos Produzir, desenvolvido pela SMDR. “É uma preocupação nossa enquanto Governo Municipal, enquanto Governo para Pessoas, firmar o homem e a mulher no campo.

Mas para isso a gente precisa dar qualidade de vida a essas pessoas. Então, o Citrus do Futuro, através do programa Vamos Produzir, traz isso para o município, para que os pequenos agricultores consigam ter uma renda no campo, para que eles se fixem no campo” explicou a prefeita Sheila Lemos.

Durante o evento, o representante da Câmara de Vereadores, Subtenente Muniz, falou da importância de projetos que levam oportunidades para os agricultores familiares.

“Eu, que estou ligado o tempo todo com a Zona Rural, trabalhando com as pessoas que plantam, que colhem, a gente sabe a importância para essas pessoas de um projeto dessa natureza. Parabéns à Prefeitura e à SMDR por esta iniciativa”.

O secretário da SMDR, Breno Farias, explicou que nesta primeira etapa serão beneficiados 40 agricultores familiares com mudas e orientação técnica para o plantio e manejo da lavoura.

“Com o projeto, a Prefeitura irá mostrar para a região o potencial para a produção de plantas cítricas e melhorar a renda desses produtores. A gente está implantando um hectare com cada um e a gente pretende elevar a renda deles em três salários-mínimos mensais a partir do terceiro ano para a colheita desses produtos”.

O engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa, Orlando Sampaio, exaltou o potencial do Planalto da Conquista para a citricultura, reunindo clima e geografia que favorecem o desenvolvimento de diversas variedades de Citrus.

“Há algum tempo, nós lutando pela diversificação dessa agricultura. E Vitória da Conquista e o Planalto de Conquista têm características bem apropriadas para as frutas de mesa.

Então, temperatura de 20 graus e a altitude chegando até 1.000 metros, eu acho que a região tem todas as condições para ter uma fruta competitiva como as que existem no mercado nacional”.

Para a produtora rural, Helena Magnólia Alves, que mora no assentamento Santa Marta, a experiência com o projeto tem sido muito proveitosa, ela conta que recebeu 500 plantas do projeto.

“A gente tem três meses que plantou as nossas mudas e estão lá crescendo, coisa mais linda, sem perder muda, nenhuma ruim, então, tá muito bom. Eu estou muito feliz. Agora é só cuidar e esperar para colher os frutos”.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas