Tiago Marques | Redação 96FM

Foi lançado nesta segunda-feira (09) o Mapa Racial Interativo Brasileiro, inciativa de João Paulo Apolinário (estudante de comunicação na UnB), Rafael Viana (estudante de direito na USP) e Tiago Gama (mestrando em computação no Japão), estudantes universitários que se juntaram para criar informações visuais relevantes e abertas a partir do IBGE.

O mapa mostra que a segregação social no país ainda é bem forte e permite que sejam visualizadas as informações de cor de pele dos habitantes de qualquer cidade ou até mesmo bairros. O projeto 100% aberto tem como objetivo fornecer dados e subsídios de informação a respeito dos mapas raciais do Brasil para todo tipo de projeto.

É predominante a concentração de brancos no Sul e de negros e pardos no nordeste do país. Também é predominante a concentração de brancos nos centros das cidades e de negros e pardos nas periferias. Em Guanambi não é diferente, o mapa mostra claramente a concentração de brancos em áreas centrais da cidade e de pardos e pretos em bairros como Monte Pascoal, Beija-Flor e Monte Azul.

 

mapa racial
Veja o mapa de Guanambi com detalhes

A discrepância é ainda maior em grandes centros como Salvador, Rio de Janeiro e principalmente São Paulo.

salvadorriodejaneiro
saopaulo

 

 

 

 

Anúncio

2 comentários

Deixe uma resposta