Redação 96FM

O ex-goleiro Bruno deixou a prisão após quase sete anos, uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (SFT) Marco Aurélio Mello, garantiu a liberdade do acusado de ser mandante do homicídio de Eliza Samudio em 2010.

O jogar tem contrato com o Montes Claros (MG) até 2019, time que está parado desde 2015 por conta de dificuldades financeiras. Se algum clube se interessar pelo jogador que agora tem 32 anos, vai precisar negociar com o time que fez o contrato em 2014.

Ville Mocellin, presidente do Montes Claros, não escondeu a felicidade com o habeas corpus concedido à Bruno, ele disse que irá contactar o advogado do atleta para decidirem o que será feito. “Bruno não merecia o que aconteceu com ele. Agora, ele vai poder dar continuidade à carreira” – disse o cartola.

Quando o contrato foi feito em 2014, a defesa de Bruno chegou a pedir a transferência do cliente para Montes Claros onde ele iria treinar e jogar no clube da cidade, no entanto o pedido foi negado. Ele jogou a última partida de sua carreira pelo Flamengo foi no dia 5 de junho de 2010, contra o Goiás, no Maracanã.

Anúncio

Deixe uma resposta