Reprodução - Telesur
Anúncio

Da Redação da Agência Sertão

Diego Armando Maradona teve o visto de negado mais uma vez para viajar para os Estados Unidos. O ex-jogador de futebol, craque da seleção argentina, pretendia estar presente no julgamento de sua ex-esposa, mas foi impedido de viajar para o país.

Segundo o “El Clarin”, o visto ao ídolo argentino foi negado por um cometário que ele fez durante uma entrevista à Telesur, TV controlada pelo governo Venezuelano. Maradona declarou que Trump é um “chirolita”, expressão usada para se referir a uma moeda de baixo valor.

O advogado do ex-jogador, Matías Morla disse que o pedido foi colocado no porão da embaixada por conta da declaração de seu cliente. A última vez que Maradona pisou nos Estados Unidos foi na Copa do Mundo de 1994, quando foi pego no exame antidoping.

 

Anúncio

Deixe uma resposta