Reprodução
Anúncio

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) confirmou vários focos da praga Cochunilha do Carmim no município de Botuporã. A praga ataca as palmas Gigante e Orelha de Onça, uma fonte econômica e social para o semiárido por se tratar da forrageira que mais resiste às longas estiagens.

A disseminação desta praga pode comprometer rapidamente toda a produção. A Adab recomenda que cada produtor faça uma análise no seu palmar e, em caso de detectar a presença das cochonilhas, comunicar imediatamente à Agência.

Como prevenção, a Adab orienta que não sejam adquiridas raquetes de palma das regiões com infestação confirmada dessa praga e que sejam evitadas visitas a estes locais. Com informações do Achei Sudoeste.

Anúncio

Deixe uma resposta