Aeroporto ficou cheio de aeronaves de políticos que vieram participar da inauguração da policlínica - Foto: Leitor da Agência Sertão - Nov/2017
Anúncio

O Aeroporto Isaac Moura Rocha ficará fechado para pousos e decolagens noturnas até 15 de julho. A princípio as restrições valeriam de 13 a 15 de junho, no entanto a publicação no boletim Notan foi prorrogada por um mês. Segundo levantou a Agência Sertão, as restrições serão para intervenções no sistema de balizamento da pista.

O Governo do Estado está licitando a obra de reforço e recuperação asfáltica da pista. Para receber aviões como do modelo ATR-72, a pista precisa ser mais resistente. A obra está orçada em R$ 7.108.312,33 e as propostas das construtoras interessadas serão abertas no dia 10 de julho.

Projeto prevê reforço na pavimentação da pista do aeroporto

A prefeitura de Guanambi iniciou o processo de licenciamento ambiental para a remoção de algumas árvores do entorno da pista. Também está sendo concluído um novo Plano Básico Zona de Proteção Aeroportuária e com a proposta da inversão do sentido dos pousos e decolagens.

Essas ações tem como objetivo retirar as restrições de pousos e decolagens do aeroporto. Desde 2016, os morros do entorno da pista foram incluídas nos sistemas de segurança da aviação (Boletim Notan) como obstáculos perigosos para aeronaves médias e grandes. Esse entrave tem atrasado o andamento das obras de adequação para que a empresa Azul Linhas Aéreas possa operar com voos comerciais na cidade.

As autoridades estaduais e municipais estão confiantes na resolução do entrave, pois voltaram a investir na melhoria do aeroporto. No entanto, o Notan ainda prevê a restrição de pousos e decolagens de aeronaves que precisam de mais de 800 metros de pista para as operações.

Anúncio

um comentários

Deixe uma resposta