Reprodução
Anúncio

Policiais civis da 22ª Coorpin prenderam na tarde desta terça-feira (26), o indivíduo, identificado como Alessandro Braga de Souza, idade não informada, acusado de ser o autor  do homicídio contra Antônio Carlos da Silva Martins, de 43 anos de idade. O corpo foi encontrado na tarde deste domingo (24), às margens de uma estrada vicinal na região do Residencial das Árvores em Guanambi.

Desaparecido desde o dia 17 de junho, o Carlinhos como era conhecido, foi morto a facadas e teve seus pés e mãos mutilados. Ele era procurado pelos familiares desde o dia do seu desaparecimento. O corpo de Carlinhos foi encontrado em avançado estado de decomposição, o que pode indicar que o crime ocorreu no dia de seu desaparecimento.

Maria da Gloria da Silva de Almeida, 31 anos, ex-esposa da vítima, foi presa ao confessar participação no crime. Foi ela quem ligou para a polícia informando o paradeiro do corpo. À polícia, ela disse que atraiu o ex-companheiro para o local do crime, mas foi seu namorado, um homem identificado como Alessandro, que desferiu as facadas contra Carlinhos.

Maria da Glória e Antônio Carlos têm um filho de 12 anos e, segundo a polícia, eles começaram a brigar por conta da pensão alimentícia para o adolescente e devido a divisão de uma casa. Mesmo após a separação, conforme a polícia, Maria e Antônio continuavam tendo encontros amorosos. O corpo de Antônio foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e foi enterrado no domingo (24).

Um pedido de prisão preventiva já foi protocolado na justiça contra Alessandro. Em contato com o Portal Vilson Nunes, o delegado informou que ele permanece detido na sede da 22ª Coorpin.

Anúncio

Deixe uma resposta