Em 2015, o Flamengo de Guanambi foi campeão da série B
Anúncio

A Federação Baiana de Futebol realizou na tarde desta quinta-feira (10), o Congresso Técnico do Campeonato Baiano da Série B, que terá a participação de seis clubes, o Flamengo de Guanambi ficou de fora. A competição começará no dia 10 de março e terminará em 26 de maio, quando ocorrerá a partida final que dará ao campeão o acesso para a Série A do Baianão de 2020.

As equipes PFC Cajazeiras, Galícia, Olímpia, Canaã, Atlanta e Unirb vão se enfrentar em grupo único, na fase classificatória, que terá 30 jogos (um total de 10 rodadas), e os dois primeiros colocados disputarão a fase final, em jogos de ida e volta, nos dias 19 e 26 de maio (dois domingos). A equipe que tiver o maior número de pontos fará o jogo de volta em seu mando de campo. As equipes terão até o dia 28 de fevereiro para realizarem as inscrições dos 18 primeiros atletas. Não terá restrição de idade para os jogadores.

Ausente dos gramados em 2018, o Flamengo de Guanambi pretendia voltar a disputar o Campeonato Baiano da Série B em 2019. Dirigentes do clube se reuniram no dia 15 de novembro de 2018 com o empresário mineiro Eduardo Pina na tentativa de acertarem uma parceria para viabilizar a volta aos gramados. Jogadores chegaram a ser contratados e a equipe realizou uma pré-temporada na cidade mineira de Juiz de Fora e disputou amistosos contra equipes cariocas. A parceria no entanto não viabilizou a inscrição da equipe na Série B.

Fundado em 2009, o clube venceu a série B do Campeonato Baiano em 2015 e em 2016 disputou a série A, fazendo boa campanha e classificando para a segunda fase, vencendo o Vitória por 1 a 0 no Estádio Dois de Julho pelas quartas-de-finais e sendo eliminado no jogo de volta ao perder por 3 a 0 no Barradão. Em 2017, a equipe não conseguiu repetir a boa campanha e acabou rebaixado. Em crise financeira, o clube não disputou a série B em 2018. A cidade de Guanambi permanecerá sem um representante no cenário do futebol estadual.

Anúncio

Deixe uma resposta