Reprodução

Da Redação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Ministério das Cidades assinaram um termo de autorização para compartilhamento de dados biométricos de motoristas habilitadas, os dados serão usados no cadastro da biometria.

Cerca de  60 milhões de eleitores podem ser dispensados da coleta biométrica ao comparecerem para o recadastramentos, sendo atualizado apenas os dados biográficos e possivelmente a validação de uma das digitais, segundo informou o TSE ao Correio. O TSE informou ainda que não há um prazo para que a sincronização dos dados seja realizada e que a medida irá aumentar a segurança da identificação do cidadão.

A meta do TSE é cadastrar a biometria de 3 milhões de eleitores, no entanto apenas 1.405.481 eleitores compareceram aos postos do TRE-BA, cerca de 46,85% da meta.

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui