Sede da IBGP em Guanambi / Foto: Edu Vale / Agência Sertão
Anúncio

Tiago Marques | Agência Sertão

A prefeitura de Guanambi realizou chamamento público para contratar o Instituto Brasileiro de Gestão Pública (IBGP) para implementação e operacionalização de Programas de Apoio à Gestão, Modernização, Operacionalização e Execução de Projetos e Ações de Saúde Pública, Acompanhamento dos resultados utilizando sistema de gestão contendo BI (Business Intelligence), em parceria com a Secretaria de Saúde.

IBGP e prefeitura firmaram um termo de colaboração técnica no valor de R$ 14.520.000,00 para a realização das ações por um ano. O contrato começou a vigorar na última sexta-feira (26) e valerá pelo período de um ano.

O IBGP já presta este serviço para a prefeitura desde abril, quando foi contratado por meio de dispensa de licitação, pelo valor global de R$ 7.357.589,52, para terceirizar a contratação de pessoal para a Secretaria Municipal de Saúde de Guanambi, pelo período de 180 dias. O instituto foi o único a apresentar proposta ao chamamento público.

Na época, a prefeitura estava impedida pela justiça de contratar servidores sem realização de concurso público, por essa razão contratou o IBGP que realizou uma seleção de pessoal marcada por críticas e reclamações devido ao método adotado. Na ocasião, 83% dos aprovados para as mais de 400 vagas já eram contratados da prefeitura.  

A reportagem tentou contato com representantes do IBGP para obter mais detalhes sobre o objeto da contratação, no entanto não conseguiu as respostas ao questionamentos. O secretário de saúde André Moitinho disse que a contratação seguiu rigorosas condições legais e que os serviços prestados pelo IBGP têm sido satisfatórios ao município.

 

Anúncio

Deixe uma resposta