Na tarde desta quarta-feira (13), o Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi reuniu especialistas para um debate interdisciplinar sobre o Bullying. O problema afeta não só o desempenho acadêmico dos estudantes vítimas, como também o convívio social, podendo acarretar em problemas psicológicos.

O projeto “Bullying: Estratégias de prevenção e intervenção de violência na Instituição” é coordenado pela servidora Maria do Carmo Neves e conta com o apoio do Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) e de outros setores da instituição.

A psicóloga Juliana Vilas Boas Lelis, do Centro de Referência da Educação Inclusiva Operacional (Creio) falou sobre os conceitos, tipos de bullying e personagens. A professora Déborah Júlia de Paula e Souto, professora de pedagogia da instituição, falou sobre comportamentos frente ao bullying e estratégias de prevenção e combate.

Colabore

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e ganhe recompensas exclusivas, saiba mais!

Já Lucas Nascimento, assistente social do Campus, relatou vivências de casos de bullying no IF Baiano e o perfil social do agressor e da vítima. Por último, a psicóloga Regina Pacis Sant’Ana, especialista em psicopatologia psicanalítica da Clínica Espaço Psi, abordou os impactos que o bullying ocasiona em cada etapa da vida.

Os especialistas debaterem os temas e responderam a perguntas do auditório. A mesa redonda foi mediada por Joilma Fernandes, Coordenadora de Extensão do Campus.

Segundo a Maria do Carmo, até o mês de setembro, várias atividades sobre este tema serão realizadas no Campus.

Veja vídeos no Instagram

Veja as fotos

Deixe uma resposta