Com mais de dois meses de suspensão, os serviços de anestesiologia aos usuários que atendem pelo Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Planserv), estão normalizados. A regularização ocorreu no último sábado (16).

A Cooperativa dos Anestesiologistas do Estado da Bahia (Coopanest), havia suspendido os atendimentos desde o dia 7 de janeiro de 2019.

A época, a Coopanest afirmou que a decisão de suspender os atendimentos havia sido consequência da falta de negociação de reajuste junto ao plano dos servidores estaduais, que se arrastava desde o ano de 2017. O Planserv informou, também a época, que a cooperativa solicitou ao plano um reajuste de 40%, que representa R$ 12 milhões anuais aos cofres públicos.

As negociações foram formalizadas após projeto de proposta, aceito pelo governo do estado e os integrantes da (Coopanest). O encontro aconteceu na última quarta-feira (13), na Secretaria de Administração da Bahia.

Após a retomada dos atendimentos, os procedimentos médicos estão sendo realizados normalmente nas instituições de saúde credenciadas ao plano de saúde.

Segundo o portal A Terde, o representante da Coopanest, Adriano Argones, disse em reunião que o convênio se comprometeu a realizar a contratação direta da Coopanest para prestar os serviços, por meio de credenciamento e melhorias nos honorários médicos.

“O Planserv não tinha débito em aberto com a cooperativa, estava regular. O que levou à paralisação do atendimento foi a falta de negociação para o reajuste. Felizmente as partes chegaram ao consenso, que as portas continuem abertas para manter um diálogo permanente e que, com isso, a gente consiga atender melhor os pacientes, que é o objetivo principal”, enfatizou Adriano Argones.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui