O corpo Edvaldo Rodrigues Chaves (Cabeção), de 33 anos, vítima de afogamento no Rio São Francisco, em Carinhanha, na tarde de sábado (30), ainda não foi encontrado. Buscas foram realizadas neste domingo (31), no Rio São Francisco, porém sem êxito.

De acordo com informação da irmã da vítima, as buscas continuarão na manhã desta segunda-feira (1º). Cabeção desapareceu quando resolveu entrar na água para se refrescar, mas foi arrastado pelas fortes correntezas.

Dois afogamentos foram registrados nos primeiros 89 dias de 2019, conforme informação da Polícia Civil. O primeiro foi registrado no dia 2 de fevereiro, no Rio Carinhanha vítima foi Edilson Moreira da Silva (Edilson do Cheira), de 41 anos.

Colabore

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e ganhe recompensas exclusivas, saiba mais!

Via Folha do Vale

Deixe uma resposta