Foto: Blog do Latinha
Anúncio

No  dia 10, no auditório da Cooperativa dos Irrigantes de Ceraíma em Guanambi, a ANA – Agência Nacional de Água realizou uma importante audiência pública com as presenças de representantes do Poder Público, Usuários e Sociedade Civil Organizada com o objetivo de debater sobre o projeto de construção de um parque de energia solar na barragem de Ceraíma e a alocação de água 2018-2019 em Guanambi.

O evento foi coordenado dirigentes da ANA, Cristiano Zinatto e Francisco Romeiro, e contou com as presenças do Diretor da Codevasf – Hudson Faria; Secretaria de Meio Ambiente – Luzinaldo Costa;  Diretor da Embasa – Rogério; Inema – João Batista; IFBaiano – Professor Carlito; ONG Prisma – José Carlos Latinha; Cooperativa de Irrigação do Projeto Ceraíma – Cooperc – Marco Antonio Fraga; Associação dos Produtores Rurais da Bacia Hidrográfica da Barragem de Ceraíma – Baú – Sebastião Batista, Associação dos Moradores do Perímetro Irrigado de Ceraíma – Cosme Nascimento; representante do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco; Vereador Vanderlei; e de diversos moradores, produtores e representantes das associações.

Também vários oradores falaram sobre a questão da construção da barragem de rejeitos da Bamin no município de Pindaí, que vai armazenar produtos tóxicos com o volume de 3,5 vezes a capacidade de água de Ceraíma.

O representante da Ong Prisma – José Carlos Latinha fez uma explanação reivindicando do Inema  a criação do Comitê da Bacia  Hidrográfica do Rio das Rãs e Carnaíba de Dentro.

O principal objetivo da audiência foi debater e analisar com a Comissão de Alocação de Água 2018-2019 sobre a situação dos reservatórios, tendo em vista a análise do volume de água nas Barragens de Ceraíma e do Poço do Magro, visando garantir o racionamento de água, o abastecimento  da população local e regional e a retomada da produção agrícola em Ceraíma.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Também foi analisada a reivindicação de alocação de água da barragem do Poço do Magro da Associação dos Pequenos Produtores do Morro de Dentro para a população local.

Via Blog do Latinha

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui