Foto: Agência Sertão

Os últimos dias foram de forte calor em Guanambi e Região. Em pleno inverno, o termômetro da estação Meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registro 35,1ºC na última sexta-feira (5) e 34,8ºC no último sábado (6).

A boa notícia para quem gosta de frio é que as temperaturas começaram a cair neste domingo (7). O dia amanheceu quente, mínima de 23ºC, com o avançar das horas houve aumento de nebulosidade e o sol ficou encoberto em boa parte do tempo. Por essa razão, a temperatura não subiu tanto como nos dias anteriores e máxima foi de 31,9ºC.

Na  manhã desta segunda-feira (8), a estação registrou temperatura mínima de 18,8ºC. O tempo deve permanecer ameno durante a tarde, as máximas não devem passar dos 27ºC.

A partir de terça-feira (9), os termômetros devem registrar temperaturas mínimas abaixo dos 15ºC na cidade. Em locais abertos, onde as rajadas de vento podem chegar aos 60 Km/h, a sensação térmica pode ficar abaixo de 12ºC. As máximas não devem passar dos 30ºC.

De acordo com os institutos de meteorologia, a condição de temperaturas mais frias na região deve durar pelo menos até o fim de semana.  A umidade relativa do ar também deve permanecer baixa, nas horas mais secas do dia, o taxa deve ficar abaixo dos 30%.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 
Segundo a Somar Meteorologia, as temperaturas devem voltar a cair no decorrer da semana

Enquanto fez muito calor em Guanambi, em boa parte do país o frio foi extremo. Em centenas de cidades do Sul e Sudeste as temperaturas caíram abaixo dos 10ºC. Em regiões serranas de alguns estados foram registradas temperaturas negativas, como é o caso de Urupema, no alto da Serra Catarinense, onde foi registrada temperatura de -9,2ºC na madrugada deste domingo. São Paulo registrou a menor temperatura dos últimos três anos.

A queda drástica na temperatura em parte do país foi causado pela grande e intensa massa de ar frio de origem polar que entrou sobre Brasil na semana passada. A expectativa é de que os efeitos desse fenômeno possam ser sentidos em parte da região Nordeste durante esta semana.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui