Divulgação

A secretaria de Saúde da cidade de Pindaí confirmou um caso de gripe H1N1 registrado no município. Conforme informação do secretário Everton Gomes Silva Bueno, o paciente infectado é uma criança, que segue internado no Hospital Regional de Guanambi (HRG). A informação foi confirmada nesta sexta-feira (13), ao site Folha do Vale.

O secretário afirmou ao site que já houve registros de H1N1 na cidade há cerca e 5 anos. “Só existe essa criança com H1N1, não identificamos em outras pessoas”, disse o secretário.

A gripe transmitida pelo vírus H1N1 tem os mesmo sintomas de outras versões da doença, como dor de cabeça, febre alta, mal-estar, espirros e tosse. A transmissão também acontece da mesma forma, por meio de contato com secreções contaminadas.

“A H1N1 é um dos subtítulos da influenza. A influenza é uma infecção viral aguda que pode ser causada por três vírus: tipo A, B e C.

O tipo A é o que sofre mais mutações e são os responsáveis pelas maiores epidemias. A H1N1 começa com uma febre alta e sem motivo aparente, dor de cabeça, vômito entre outros. Em alguns casos a doença pode evoluir e atacar sistema nervoso central.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Via Folha do Vale

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui