Foto: Vina Queiroz

Dois protestos em menos de um mês foram realizados por passageiros contra a empresa de ônibus Novo Horizonte. As duas reclamações foram referentes ao veículo que faz a linha de Guanambi com destino à Brasília (DF).

O protesto mais recente ocorreu nesta terça-feira (11), às 17h, na rodoviária de Guanambi, quando passageiros entraram no ônibus que a empresa disponibilizou para a viagem, e não suportaram o calor de acordo relato da passageira, Professora Vina Queiroz, ao site Fala Você.

De acordo com o site, os passageiros levantaram e procuraram o motorista, ao checarem as péssimas condições do ônibus com pneus recapados, sinalização do veículo comprometida e para brisa rachado, e pediram um ônibus em condições de segurança para viajar.

Em entrevista ao respectivo site, a Professora Vina Queiroz, informou que houve resistência por parte dos responsáveis da empresa. Segundo ela, só depois de efetuar uma ligação para um advogado que a orientou a chamar a polícia para conduzir até a delegacia o motorista e o responsável pela empresa na rodoviária, é que o ônibus novo foi providenciado.

“Após essa fala, eles providenciaram um ônibus novinho e às 17h47 estávamos embarcando”, disse Queiroz.

Ainda de acordo com a professora, os passageiros pretendem fazer um boletim de ocorrência na delegacia e ajuizar uma ação na justiça.

Confira o vídeo da chegada do novo ônibus:

Outro protesto esse ano

No dia 18 de janeiro deste ano, um ônibus da empresa Novo Horizonte precisou ser trocado antes de partir de Guanambi com destino a Brasília (DF). Os passageiros se recusaram a embarcar devido às condições precárias de segurança que se encontrava o veículo.

As fotos do protesto circularam nas redes sociais e representantes políticos da região foram marcados nas publicações.

No mesmo dia, outro ônibus da mesma empresa pegou fogo. O incêndio ocorreu na BR-242, no município de Oliveira dos Brejinhos. O veículo saiu do distrito do Rosário, no município de Correntina, e pegou fogo próximo ao povoado de Beira Rio.

O ônibus foi parcialmente destruído pelas chamas. Nenhum dos  ocupantes sofreu ferimentos.

Reprodução

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui