Johnatas Cruz, de gari a campeão Pan-Americano de Cross Country crédito: CBat O mineiro Johnatas Cruz foi o vencedor dos 10 km adulto do Campeonato Pan-Americano de Cross Country, realizado neste sábado (29), no campo de golfe em Langford, cidade vizinha a Victoria, no Canadá. O atleta, que é gari como profissão, completou os 10 km em 32:50. Johnatas Cruz cruzando a linha de chegada. Crédito: divulgação CBAt

O mineiro Johnatas Cruz foi o vencedor dos 10 km adulto do Campeonato Pan-Americano de Cross Country, realizado neste sábado (29), no campo de golfe em Langford, cidade vizinha a Victoria, no Canadá. O atleta completou os 10 km em 32:50.

O fundista trabalha como gari no dia a dia pelas ruas de Guaianases, bairro da zona leste de São Paulo, e também arruma tempo para estar entre os principais atletas do Brasil. “Trabalho há quase sete anos em uma empresa de limpeza pública para sustentar minha família, e tenho orgulho disso. Mas o atletismo é uma parte importante da minha vida”, disse em entrevista ao G1 no ano passado.

O norte-americano Anthony Rotich ficou com a medalha de prata, com o mesmo tempo do brasileiro, seguido do peruano Paul Ramirez, com 33:11. O paulista Daniel Ferreira do Nascimento (ABDA-SP), campeão da Copa Brasil Caixa de Cross, terminou em oitavo lugar, com 33:43, enquanto o mineiro Gilberto Lopes (Pé de Vento-RJ) foi o 10º, com 34:04.

Johnatas ficou muito feliz com a conquista da medalha de ouro. “Esse é o melhor resultado da minha carreira. Ganhei medalhas de prata no cross e no Troféu Brasil. Tenho apenas quatro anos como atleta. Foi uma chegada sensacional, de tirar o fôlego, mas não ia deixar mole, depois de tudo que passei com o frio”, comentou o corredor, nascido em 18 de setembro de 1990, em São Pedro dos Ferros, Minas Gerais.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

“Vou voltar para o Brasil e conversar com meu treinador, mas a princípio devo disputar os 5.000 m e os 10.000 m no Troféu Brasil,” declarou.

No final, por equipes, o Brasil conquistou também a medalha de prata na categoria adulta masculina, com 19 pontos. Os Estados Unidos foram os campeões, com 12 pontos. O Canadá ficou em terceiro lugar, com 23.

Nas outras provas, Amanda Aparecida de Oliveira (UFJF-MG) foi a 13ª colocada nos 10 km, com 39:35, seguida de Tatiane Raquel da Silva (IPEC-PR), em 22º, com 42:10, e de Graziele Zarri (Pinheiros-SP), em 23º, com 44:42.

No Sub-20, Lucas Pinho Leite (Barra do Garças-MT) ficou em 22º lugar, com 29:57 nos 8 km, enquanto Eduardo Bandeira Baltazar (ASCORT-RS) terminou em 24º, com 30:26. No feminino, Mirelle Leite da Silva (Projeto Atletismo Campeão-PE) foi a 8ª colocada, com 24:28 nos 6 km, com 24:28. Núbia de Oliveira Silva (AASF-BA) terminou em 9º, com 24:33, enquanto Gabriela Tardivo (IPEC-PR) ficou em 17º, com 25:04.

Com informações do Olimpíada Todo Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui