Reprodução / Redes Sociais

Um trabalho do Setor de Inteligência do 17º Batalhão de Polícia Militar culminou com a prisão de um homem suspeito de agir como receptador de veículos de luxo clonados. A prisão ocorreu na noite desta terça-feira (10), por volta de 17h30, na Avenida Santos Dumont, em frente à Praça do Feijão, em Guanambi.

Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), do 17º Batalhão de Polícia Militar (17ºBPM) abordaram um veículo marca Toyota, modelo Toyota Corolla, de cor branca, conduzido pelo suspeito, identificado pela polícia apenas pelas de iniciais W.C.C, idade não informada.

Segundo a PM, ao ser procedida a verificação do veículo, foi constatado que ele era clone de outro veículo com as mesmas características, licenciado no município de Buritis, no Estado de Minas Gerais.

Veículo original está em Minas Gerais – Divulgação / Polícia Militar

O trabalho de cerca de três mês e meio do Setor de Inteligência concluiu que o suspeito ostentava vida de rico nas redes sociais. Neste período, além do Corolla, ele esteve em posse de um VW Jetta preto ano 2019, um VW Polo preto ano 2019 e um Chevrolett Cruiser branco ano 2016, todos clonados de veículos licenciados regularmente no Estado de São Paulo.

A PM informou ainda que o suspeito alegou não saber o motivo da abordagem, afirmando ser “integrante de família tradicional e conhecida na cidade e não devia nada para a Polícia”.

No entanto, a PM do Estado de Minas Gerais informou que o verdadeiro veículo, com as mesmas características, estava na garagem do verdadeiro proprietário.  Os policiais então voz de prisão ao suspeito que foi conduzido à delegacia de polícia civil para ser autuado pelo crime de receptação qualificada.

Na delegacia, W.C.C afirmou que esteve de posse do veículo VW Jetta preto, também clonado, mas que teria vendido para um médico na cidade de Montes Claros.

Além do veículo clonado, o conduzido estava de posse do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) falsificado, o que para a Polícia Militar indica a existência de uma quadrilha especializada em falsificação de documentos e adulteração de veículos de luxo existente na região, tendo como um dos líderes dessa quadrilha o homem alvo da operação.

A Polícia Civil de Guanambi irá investigar o caso e tentar identificar outros integrantes da quadrilha, bem como outros veículos que podem ter sido receptados aqui na região.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui