Foto: Tiago Marques / Agência Sertão

A Polícia Civil autuou em flagrante na manhã de quarta-feira (29) Vanrley Silva Teixeira, de 25 anos. Ele é suspeito de ter jogado uma muler da ponte Guimarães Rosa, na madrugada de quarta-feira, entre os municípios de Carinhanha e Malhada.

Vanrley foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio, com a qualificação do chamado feminicídio (nesta caso tentativa), quando o crime ocorre por razões da condição do sexo feminino. Os dois manteriam uma relacionamento e a jovem afirmou à polícia que contou ao suspeito sobre sua gravidez momentos antes do crime.

Segundo o Portal Folha do Vale, o coordenador da 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Clécio Magalhães, informou que o suspeito foi apresentado à Central de Plantão Policial em Guanambi. Ele foi preso por uma guarnição do 1º Pelotão da 4ª CIA de Palmas de Monte Alto.

Clécio explicou ao referido portal que o auto de prisão em flagrante foi comunicado ao Judiciário de Carinhanha, mas quem dará o andamento à conclusão do inquérito policial é o delegado titular Paulo Henrique Oliveira.

A vitima sobreviveu após ser jogada da Ponte Guimarães Rosa em Carinhanha, na madrugada de quarta-feira. Ela foi resgatada por um barqueiro presa a galhos ao lado de um dos pilares do rio e encaminhada ao Hospital Maria Pereira Costa (Dona Quinha). Ainda na madrugada, ela foi transferida para o Hospital Municipal Milton Farias Dias Laranjeiras, em Palmas de Monte Alto. Segundo o portal, ela passa bem e posteriormente será ouvida pela polícia.

Em conversa com os agentes da 3ª CIA, a vitima disse que mora em Palmas de Monte Alto, mas foi até Carinhanha com o suspeito para conversar sobre a gravidez. Ela disse ainda aos agentes que eles decidiram retornar para Palmas antes de entrar na cidade. “Depois de passar pela barreira sanitária ele [Varnley] parou o carro na parte mais alta da ponte. Quando eu desci fui jogada de uma altura de mais de 25 metros. Como não sei nadar achei que fosse morrer”, disse.

Profissionais que trabalhavam na barreira sanitária instalada na entrada de Carinhanha ouviram os gritos da jovem e acionaram a polícia para registrar o fato e ajudar no resgate.

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui