Reprodução

A jovem montealtense de 20 anos que sobreviveu após ser jogada da Ponte Guimarães Rosa, entre Carinhanha e Malhada, teve complicações na gestação de 1 mês e perdeu o bebê que estava esperando, na madrugada do último sábado (2).

De acordo com o Portal Vilson Nunes, ela foi internada com dores e sangramento, no Hospital Municipal Milton Farias Dias Laranjeira, em Palmas de Monte Alto (BA). Uma fonte informou à reportagem que a jovem está psicologicamente muito abalada com a situação.

A mulher foi vítima de tentativa de homicídio no 29 de abril, quando, segundo ela, Wanrley Silva Teixeira, de 25 anos, a jogou no rio com a intenção de matá-la por conta de não aceitar a gravidez da jovem. Ela foi resgatada por um barqueiro presa a um galho de árvore ao lado de um dos pilares da ponte.

Vítima e acusado mantinham uma relação extraconjugal por 5 anos, conforme depoimento prestado na Delegacia.

Após ser denunciado, Wanrley foi preso em Palmas de Monte Alto. Ele foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio, com a qualificação do chamado feminicídio (nesta caso tentativa). Ele nega as acusações.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui