Foto | Edu Vale / Agência Sertão

A Prefeitura de Guanambi divulgou a convocação de mais nove profissionais da saúde aprovados na seleção para contratação Temporária de Excepcional Interesse Público – sendo sete médicos(a) e dois técnicos(a) em enfermagem. A convocação foi publicada no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (28).

A respectiva seleção visa compor equipe necessária às ações de prevenção e controle para enfrentamento da COVID-19 no Pronto Atendimento – PA e no Hospital de Campanha em Guanambi.

No dia 19 de maio, a prefeitura havia divulgado o resultado final da seleção e a convocação de cinco médicos. Já no dia 22 de maio foi divulgada a convocação de mais quatro médicos. A convocação desta quinta complementa o quadro de aprovados para o cargo de médico.

No total, 16 médicos foram aprovados, sendo 8 na função de Médico plantonista Pronto Atendimento (PA – 24h) e 8 na função de Médico Plantonista Hospital (24h).

As duas convocações desta quinta, foram as primeiras para o cargo de técnicos em enfermagem, de um total de 15.

Conforme o edital, foram ofertadas um total de 46 vagas. Além das funções de Médico e Técnicos em Enfermagem, a seleção também aprovou – 8 Enfermeiros, 5 Fisioterapeutas e 2 Assistentes sociais. Ainda não houve a publicação das convocações das demais funções.

Todos os profissionais da respectiva seleção irão desempenhar atividades no âmbito da Secretaria Municipal da Saúde, por tempo determinado, em Regime Especial de Direito Administrativo – REDA. Os salários variam de R$ 1.045,00 a R$ 12.000,00.

O prazo de validade da seleção será de 6 meses, contados a partir da data da publicação da homologação no Diário Oficial do Município, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

O Edital de seleção Nº 01/2020 foi publicado no Diário Oficial do Município, no dia 7 de maio e as inscrições encerraram no dia 11 de maio.

Confira a lista completa dos aprovados.

Casos de Covid-19 em Guanambi

Em Guanambi foram registrados 25 casos do novo Coronavírus até o momento, sendo 21 homens e 4 mulheres, o que representa 6,7% do total de casos notificados no município.

Nesta quinta-feira (28), foi registrado um novo caso de um homem residente no bairro São Francisco, com diagnóstico confirmado por meio da realização de um teste rápido. Na quarta-feira (27) foram dois casos, sendo um no Residencial dos Passos e outro também no bairro São Francisco.

Os 25 casos estão distribuídos nos seguintes bairros – 16 no Bairro Belo Horizonte, 1 no Bairro Renascer, 1 no Monte Pascoal, 1 no Bela Vista, 1 no Bom Jesus, 1 no Vomitamel, 1 no Centro, 2 no São Francisco e 1 no Residencial dos Pássaros.

Estrutura para atendimento Covid-19

O Pronto Atendimento, montado na antiga Promater, localizado na Praça José Ferreira (Praça do Fórum), começou a funcionar no início da semana anterior, para realizar a primeira triagem de pessoas com sintomas. A unidade já atendeu 49 pessoas com Síndromes Gripais desde sua inauguração. Nenhum dos pacientes que procuraram o PA precisaram de internação.

O Hospital Municipal está sendo equipado com respiradores e UTI´s. Já são quatro unidades em condições de funcionamento para atender pacientes que precisam de cuidado médico mais intensivo. Nesta semana começa a funcionar uma ala para casos de média complexidade.

Conforme apurou a Agência Sertão, o prefeito Jairo Magalhães está tentando comprar mais alguns respiradores e já solicitou ao Governo do Estado mais alguns aparelhos para o município por meio da deputada estadual Ivana Bastos (PSD).

Além disso, na última sexta-feira (22), o Hospital Geral de Guanambi (HGG) recebeu três respiradores pulmonares do governo estadual. Eles auxiliarão no espaço de isolamento recém inaugurado na unidade para atendimento de possíveis casos graves de toda a região.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, caso seja necessária a internação de pacientes, o Hospital Municipal está preparado com leitos e UTI’s para tratamento de casos moderados ou graves que possam surgir.

Desde o último domingo (17), um novo decreto com medidas de contenção à proliferação do vírus na cidade passou a vigorar, limitando o funcionamento do comércio apenas às categorias consideradas essenciais. Neste domingo (24), passou a vigorar um decreto estadual estabelecendo a suspensão do transporte intermunicipal na cidade.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui