Preocupadas com a situação de famílias que não têm como manter o sustento próprio neste período de pandemia, a técnica de enfermagem Gilnete Raimunda Fonseca e a enfermeira Ayesha Mota, conseguiram produzir 55 cestas básicas para doar às pessoas necessitadas que residem em Guanambi.

As doações começaram no início de abril e só foram possíveis devido a mobilização das profissionais, que articularam uma parceria com costureiras e proprietários de estabelecimentos comerciais da cidade.

Segundo Gilnete Fonseca, as costureiras participaram da ação doando máscaras de tecidos para serem trocadas por alimentos ou produtos de higiene e limpeza nos pontos de coleta disponibilizados pelos comerciantes.

A iniciativa contou com o apoio também do enfermeiro Sérgio Ferreira, que disponibilizou um estabelecimento comercial da família para servir de ponto de troca das máscaras doadas por alimentos.

“A parceria é importante para ajudar na logística do processo, inclusive já conseguimos ampliar o número de estabelecimentos para as trocas, hoje temos supermercados, óticas e outros pontos estratégicos no centro da cidade para ajudar na ação”, comentou Gilnete Raimunda Fonseca.

Apesar da correria do dia a dia, entre um plantão e outro, as profissionais comparecem aos pontos de coleta para pegar os alimentos, montar as cestas básicas e entregá-las nos finais de semana.

A ação continua por tempo indeterminado. Para ajudar, basta entregar tanto alimentos quanto produtos de higiene pessoal e limpeza nos principais pontos de coleta em Guanambi (Acquatec Piscinas e lazer, Iluminon Materiais Elétricos Ltda e Óticas Lisboa).

Via Coren Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui