Divulgação | Ascom-PMG

O prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães, se reuniu com o Comitê de Enfrentamento a pandemia do Novo Coronavírus para definir estratégias frente ao cenário epidemiológico atual do município. A reunião ocorreu nesta terça-feira (7) no gabinete do prefeito.

Como resultado da reunião ficou acordado que nenhuma medida seria tomada a partir da análise atual. Segundo o Comitê, o quadro epidemiológico seria observado em estado de alerta, de modo que se não houver uma cessação no aumento de casos, medidas mais restritivas serão novamente adotadas pelo Poder Público.

Nos últimos cinco dias o município de Guanambi registrou mais 19 casos positivos da Covid-19, totalizando 113 casos da doença. O último Boletim epidemiológico, atualizado nesta terça-feira (7), confirmou três novos casos. Dos 113 positivos, 34 pessoas estão com o vírus ativo, outros 79 pacientes são considerados recuperados.

Em relação ao contágio, mesmo com o aumento de casos, o comitê considera o volume de recuperados satisfatório. Segundo eles “o panorama demonstra uma solidez epidemiológica no município, embora seja notória a situação de alerta, haja vista que a escalada de casos ativos pode culminar em um descontrole da situação”.

Ainda de acordo com o comitê, Guanambi está entre as cidades de médio porte na Bahia que colecionam os melhores cenários no que diz respeito a Covid-19. Apesar de localidades menores ao entorno regional já registrarem internações e óbitos, nenhum dos 113 pacientes testados positivos no município, até o momento, apresentou sintomas graves da doença e nenhum óbito foi registrado.

No entanto, o comitê alerta que até mesmo o melhor dos cenários pode ser comprometido sem o auxílio da população.

De com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Guanambi, em um eventual descontrole do aumento de casos as medidas mais restritivas deverão ser tomadas para preservar o Distanciamento Social Ampliado o que segundo eles, trará complicações as atividades econômicas mais sensíveis a pandemia.

Atualmente, Guanambi possui serviços de alimentação, academias de ginástica, cultos religiosos, Mercado Municipal, bares e outras atividades regulamentadas pelo Decreto Municipal de medidas de enfrentamento ao Covid-19, além de portarias específicas. No entanto, o comitê pontua que ainda que haja a regulamentação, é importante que a população entenda que o momento é de convivência, responsabilidade e cuidado e não de excessos.

Segundo o Blog do Latinha, longas filas estão sendo formadas rotineiramente nas portas de Bancos e Casas Lotéricas em Guanambi, descumprindo o decreto municipal que regulamenta o funcionamento dos bancos, correspondentes bancários e lotéricas.

A determinação diz que estes estabelecimentos só podem funcionar mediante organização de fila, devendo ser garantida a distância mínima de 1,5m (um metro e meio) entre os clientes em atendimento e entre aqueles que estejam aguardando na parte externa das agências por meio de sinalização horizontal disciplinadora e demais ferramentas que se mostrem úteis e necessárias.

Na reunião, o quadro municipal foi exposto e o Comitê de enfrentamento considerou que nas estruturas de monitoramento do município, há um cenário positivo no que se refere o número de pessoas que tiveram altas em detrimento aos novos monitorados, havendo um aumento substancial das frequências em barreiras sanitárias.

As Barreiras Sanitárias, instaladas nas entradas do município desde o dia 24 de março, conseguiram catalogar 249.021 veículos e 539.286 pessoas. Dessas, 1.453 pessoas vindas de área de risco estão sendo monitoradas, por 14 dias, pela Atenção Básica, com o intuito de captar pessoas que venham ter o aparecimento de sintomas. A Secretaria de Saúde  ressaltou, que 7.274 pessoas receberam alta pelo monitoramento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui