Imagem Ilustrativa / Reprodução

Morreu na madrugada deste sábado (22), o idoso de 82 anos que estava internado em Vitória da Conquista lutando contra o coronavírus há mais de duas semanas.

Este foi o primeiro óbito de paciente de Guanambi com Coronavírus. A informação foi confirmada por familiares e pela secretaria municipal de Saúde, que emitiu uma nota de pesar.

Fonte: Secretaria de Saúde

A vítima possui comorbidades (doença de alzheimer) e estava em uma UTi de referência para o tratamento da Covid-19, com suporte de respirador mecânico e hemodiálise. Ele foi internado no último dia 4 em no Pronto Atendimento da Covid-19, em Guanambi, sendo transferido dois dias depois para o Hospital São Vicente, em Vitória da Conquista.

O corpo esta sendo transladado para sepultamento em Guanambi.

Segundo o mais recente boletim epidemiológico da secretaria municipal de Saúde, são 289 casos confirmados da Covid-19 no município, sendo que 217 são de pacientes já recuperados e 71 permanecem ativos com o vírus. Somente na semana em curso, 54 pacientes contraíram a doença.

No momento, três pacientes estão internados no Pronto Atendimento e no Hospital de Campanha, sendo que dois ainda não tiveram o diagnóstico confirmado. Não há mais pacientes internados em outros municípios.

Municípios com mais de 50 mil habitantes

Até o último sábado, Guanambi, Bom Jesus da Lapa, Viçosa (MG) e Palmas (PR) eram os únicos municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes sem registro de óbitos por Covid-19.

No entanto, no último sábado (15), Viçosa confirmou seu primeiro óbito. A vítima foi um idoso de 91 anos. O município mineiro tem 78,8 mil habitantes e 244 casos da doença e 201 pacientes recuperados.

Já em Bom Jesus da Lapa, a primeira confirmação de óbito ocorreu no domingo (16). A vítima foi um idoso de 84 anos. O município de 69,1 mil habitantes registrou a segunda morte em decorrência do coronavírus na terça-feira (18). Nesta quinta-feira (20), o município chegou à marca de 220 casos e a prefeitura decidiu ampliar o toque de recolher noturno das 21h para 19h como medida de evitar a propagação da doença.

Por fim, Palmas registrou seu primeiro óbito nesta sexta-feira (21). O município de 50,9 mil habitantes registra 116 casos positivos, com 99 pacientes recuperados e 16 ainda em tratamento.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui