Imagem Ilustrativa / Reprodução

O fim de semana foi violento em Vitória da Conquista. No sábado (22), a polícia registrou três homicídios na cidade e o suspeito de participar de um latrocínio que resultou na morte de um policial morreu em confronto com policiais. No domingo (23), mais uma pessoa foi morta na zona rural do município.

O primeiro óbito violento foi registrado logo nas primeiras horas da manhã de sábado. O sargento aposentado da Polícia Militar, Antônio Carlos Porto Santana, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), no Caminho 15 do bairro Urbis V, em Vitória da Conquista.

De acordo com a PM, o militar de 64 anos, foi atingido com um disparo de arma de fogo na região das costas e teve o seu carro levado por criminosos. Antônio cumpriu mais de 30 anos de carreira.

A tarde, um indivíduo suspeito de participar de um latrocínio morreu durante uma ação de policiais da Companhia Independente de Policiamento Tático – Sudoeste (CIPT/SO), em Vitória da Conquista.

O homem identificado como João Soares foi localizado no bairro Bruno Bacelar na tarde deste sábado (21), após investigações e denúncias. Segundo a polícia, houve confronto e o suspeito foi atingido, chegando a ser levado para o Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), mas não resistiu e morreu. O suspeito teria sido identificado nas imagens de câmaras de segurança instaladas nas redondezas do local do crime.

A terceira morte violenta do dia ocorreu por volta de 21h40, no Bairro Copacabana 1. A vítima foi um jovem de 18 anos, identificado como Arnaldo Alves de Oliveira Neto. A polícia registrou a ocorrência e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou perícia no local e realizou a remoção do corpo para realização de autópsia no Instituto Médico Legal (IML).

No final da noite, um homem foi morto a tiros no bairro Santa Terezinha. A vítima foi Diego Amaral Ribeiro de Deus, idade não informada. A Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram até o local mas não encontraram o autor dos disparos e o atingindo já havia morrido antes de receber o socorro.

Já na noite deste domingo (23), dois irmãos foram alvejados por disparos de arma de fogo dentro de um bar, na região do Povoado da Estiva. Um deles morreu no local e o outro foi socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A polícia não localizou os autores.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa investiga os dois homicídios ocorridos durante a noite de sábado e o outro ocorrido na noite deste domingo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui