31 C
Guanambi
26.8 C
Vitória da Conquista

TV Sudoeste faz reportagem da despedida do guanambiense Tatu do futebol profissional

9,153FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever

Últimas Notícias

Mais Lidas

O último domingo (20) foi memorável para a história do esporte de Vitória da Conquista e de Guanambi. A data marcou a despedida do guanambiense Rômulo André Lopes (Tatu), do futebol profissional, aos 36 anos. O atacante anunciou a aposentadoria no dia 14 de dezembro.

O Bahia Meio Dia, da TV Sudoeste, produziu uma matéria especial para homenagear o jogador. A reportagem foi exibida, nesta segunda-feira (21), no telejornal.

A partida comemorativa foi realizada no Estádio Municipal Edvaldo Flores, em Vitória da Conquista, onde jogadores convidados, comissão técnica, administrativa e de saúde do Esporte Clube Primeiros Passos (ECPP) Vitória da Conquista, participaram do jogo e homenagearam o jogador.

- Advertisement -

O presidente do clube, Ederlane Amorim, e o técnico Elias Borges falaram em nome da equipe sobre a importância e o legado de Tatu para a história do Conquista. Emocionado, Tatu agradeceu ao clube e a cidade por tê-lo acolhido. O atacante pontuou que sentirá saudade dos momentos de concentração com a equipe, e do ambiente que o futebol proporciona.

A reportagem da TV Sudoeste falou da artilharia do atleta que se tornou um dos principais nomes da história do ECPP. Ao todo foram 90 partidas e 55 gols marcados, consagrando-se assim o maior artilheiro da história do bode.

Após, Tatu relata como surgiu o apelido. Filho mais novo de uma família de dez irmãos, quando Rômulo ainda era bebê, uma vizinha chamada Néia colocou o apelido de Tatu. De acordo com a família, a vizinha achava a criança gordinha e em uma brincadeira o chamou pelo apelido. Todos gostaram e passaram a chamar a criança de Tatu.

Nascido em Guanambi, Tatu também acumula passagens por clubes como São Caetano, Fortaleza, Aparecidense, Luverdense, América-RN, CRAC-GO, Caxias, Salgueiro, Sergipe. No futebol baiano, ele também defendeu o Unirb na Série B do ano passado e o Barcelona de Ilhéus, na edição deste ano da segunda divisão baiana, tendo inclusive sido o autor do primeiro gol do caçula da Bahia.

Guanambiense, nascido em 5 de dezembro de 1984, Rômulo André Lopes, ou simplesmente Tatu, desde cedo já demonstrava talento com a bola nos pés, brincando pelas ruas de chão batido de Guanambi.

Apesar de comparar sua infância com a de qualquer criança, o jogador fala de alguns trabalhos que foram necessários para ajudar os pais – vender geladinho, pegar frete na feira com o carrinho de mão, vender umbu na rua, mas essas atividades não o impedia de jogar futebol nas horas vagas. A sua infância baseou-se em ajudar os pais e se divertir com os amigos.

Das ruas de terra até o futebol profissional, Tatu passou por diversos times de futebol do Brasil, no entanto, foi no Vitória da Conquista, onde ficou conhecido no mundo da bola.

Antes de chegar ao profissional, Tatu se destacava nas escolinhas de futebol de Guanambi e defendeu o Guanambi Atlético Clube (GAC), equipe que disputou a série B do Campeonato Baiano.

Bahia Conquista e Região TV Sudoeste faz reportagem da despedida do guanambiense Tatu do futebol profissional

Deixe uma resposta

Relacionadas