26.9 C
Guanambi
19.9 C
Vitória da Conquista

IF Baiano entrega aplicativo de registro de ocorrências para Polícia Militar de Guanambi

9,214FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Estudantes e professores do Instituto Federal Baiano (IF Baiano) – Campus Guanambi concluíram e entregaram a versão final do aplicativo ROP-E (Registro de Ocorrências Policiais Eletrônico), construído para o uso dos policias do 17ª Batalhão de Polícia Militar (17ºBPM), em Guanambi.

O aplicativo já está em uso em carácter experimental desde setembro, quando foi apresentado para os oficiais do 17ºBPM. Nesta terça-feira (4), foi apresentada a versão final, revisada após o uso prático na fase de testes e um novo layout gráfico, desenvolvido com o apoio da empressa NeoCom.

O projeto foi desenvolvido pelos estudantes do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, sob coordenação dos professores Cleyton Leite e Fábio Lima, alinhados com os polícias militares da área de inteligência do Batalhão. O sistema funciona tanto em celulares quanto em computadores, facilitando a inserção dos dados de registros de ocorrências.

A entrega aconteceu na sede do batalhão, com a presença do Ten. Coronel Arthur Mascarenhas, de Carlito Barros, diretor-geral do IF Baiano – Campus Guanambi, de professores, estudantes e oficiais da corporação.

A ferramenta será usada pelos policiais no registro das ocorrências, simplificando todo o processo e reduzindo a burocracia dos procedimentos. Além disso, o ROP-E emite relatórios e estatísticas e cria o mapa de calor criminal das cidades atendidas pelo 17º BPM e suas Companhias. Estas informações auxiliarão a corporação no processo de planejamento estratégico e tomada de decisões.

Através da ferramenta, os policiais poderão inserir as informações das ocorrências, como os dados dos envolvidos, fotos, documentos e o relatório do ocorrido. Todo o registro será feito por meio de smartphones, disponíveis nas viaturas para esta funcionalidade. Os dados são enviados para um servidor que irá armazenar as informações.

Segundo o comando do 17ºBPM, as informações armazenadas e os relatórios produzidos pelo ROP-E irão auxiliar na tomada de decisões estratégicas com vistas a elaborar um planejamento operacional com maior eficácia. O Ten. Cel Arthur Mascarenhas ressaltou que a iniciativa é pioneira em todo o estado da Bahia e poderá servir de modelo para uso do aplicativo em todas as unidades da PM-BA.

Destaques IF Baiano entrega aplicativo de registro de ocorrências para Polícia Militar de...

Deixe uma resposta

Relacionadas