22.8 C
Guanambi
18.1 C
Vitória da Conquista

Vacinação contra a Covid-19 em Guanambi tem plano elaborado

9,151FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

O plano municipal de operacionalização da vacinação contra a Covid-19 em Guanambi já está pronto, segundo informações repassadas pela Secretaria Municipal de Saúde. O documento que define os parâmetros de toda a logística da aplicação da vacina foi finalizado pelas equipes de Vigilância Epidemiológica e Atenção Básica, também responsáveis pela execução.

Nesta segunda-feira (18), o documento será apresentado ao Comitê de Monitoramento e ao executivo municipal. Na terça-feira (19), a pasta irá comunicar à população as informações sobre o início da campanha de vacinação, embora a data ainda dependa da chegada das doses ao município.

O plano definiu os locais de aplicação, os protocolos para armazenamento e o pessoal que irá trabalhar na vacinação. As fases irão respeitar o cronograma estabelecido pelo plano nacional, elaborada pelo Ministério da Saúde. Os primeiros a receber as doses serão os profissionais de saúde, os idosos acima de 75 anos e os idosos residentes em instituição de longa permanência, no caso de Guanambi, os moradores do Lar dos Velhinhos.

Segundo a Secretaria de Saúde, de imediato são necessárias 7.239 doses para vacinar os 3.581 trabalhadores de saúde, 3.612 idosos maiores de 75 anos e 46 internos do Lar dos Idosos. Como são necessárias duas doses, o número necessário dobra.

- Advertisement -

De acordo com a Agência Sertão, o plano ainda prevê a participação de outras secretarias municipais e entidades públicas e privadas na sua execução. Também está previsto um plano de comunicação para informar à população todos os aspectos relacionados à vacinação.

Apesar do plano já traçado, a vacinação contra a Covid-19 em Guanambi ainda não tem data definida para começar. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello anunciou neste domingo (17) que a distribuição em todo o país começa às 7h da manhã desta segunda-feira. A expectativa é de que as primeiras doses já sejam aplicada às 10h da próxima quarta-feira (20), nas localidades onde a logística favorecer o envio das remessas.

Os municípios ainda não foram informados sobre o quantitativo de doses que irão receber de imediato. O ministro disse que a distribuição será feita de forma igualitária em todo o país, respeitando a proporcionalidade populacional. Para a Bahia serão enviadas 319.520 doses, previstas para chegarem ao Estado às 18h desta segunda-feira.

O anúncio ocorreu pouco depois da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso emergencial de duas vacinas, a Coronavac, desenvolvida pela companhia biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech, em parceria com o Instituto Butantam, e a vacina de Oxford, desenvolvida pela empresa AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford.

(Veja a coletiva de imprensa concedida pela diretoria da Anvisa após aprovação das vacinas)

A vacinação deve começar com a Coronavac, única disponível em solo brasileiro no momento. O Ministério da Saúde solicitou ao Butantam a entrega imediata de seis milhões de doses. Já neste domingo, as remessas foram levadas sob forte esquema de segurança para um galpão de armazenamento em Guarulhos. O Ministério ainda tentou importar um lote da AstraZeneca, cuja fabricação ocorre na Índia, entretanto, o país não autorizou o envio das doses.

Na Bahia, o governo preparou a logística de distribuição com apoio da Polícia Militar. Os municípios até 300 quilômetros de Salvador irão receber as vacinas por via terrestre, com escolta de viaturas para garantir a segurança. Já nos municípios mais distantes, as doses serão enviadas por aeronaves do Grupamento Aéreo (Graer). Câmaras frigoríficas foram instaladas na unidade para conservar as vacinas.

Coronavírus em Guanambi

Guanambi chegou à marca de 2.725 casos da Covid-19 neste domingo. Do total de infectados, 2.648 já são considerados recuperados e 61 estão ativos com a doença. Entre os pacientes em tratamento, cinco estão hospitalizados, um no Pronto Atendimento da Covid-19, três em hospitais de Vitória da Conquista e um de Salvador.

Destaques Vacinação contra a Covid-19 em Guanambi tem plano elaborado

Deixe uma resposta

Relacionadas