31.2 C
Guanambi
27.7 C
Vitória da Conquista

Prefeito fura a fila da vacina em Candiba

9,151FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

O prefeito Reginaldo Prado (PSD) foi um dos primeiros a receber a vacina contra a Covid-19 em Candiba, vizinha a Guanambi. O município de 14.368 habitantes recebeu 100 doses da Coronavac, vacina distribuída pelo Ministério da Saúde.

As vacinas foram entregues à Vigilância Epidemiológica nas primeiras horas desta terça-feira (19), após chegarem a Guanambi em um avião fretado pelo Governo do Estado. Em ato oficial para marcar o início da vacinação, o prefeito recebeu a vacina ao lado da biomédica Mirele Costa, servidora do Hospital e Maternidade de Candiba.

Apenas 6 milhões de doses da vacina foram distribuídas para todos os municípios do país. Neste primeiro momento, Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) recomendaram dedicar todas as vacinas para imunizar os profissionais de saúde da linha de frente do enfrentamento da Covid-19 e demais trabalhadores, principalmente de urgência e emergência, além de indígenas e idosos residentes em instituições de longa permanência.

Idosos com mais de 75 anos também compõe o grupo prioritário para a primeira fase de vacinação, no entanto, as primeiras doses não vão servir à população com este perfil, já que há pouca disponibilidade de vacinas no país. Apenas 6 milhões de vacinas foram distribuídas aos 5.570 municípios brasileiros.

- Advertisement -

Reginaldo tem 60 anos e recebeu a vacina, mas está fora do grupo prioritário, já que não atua na linha de frente. A recomendação das autoridades de saúde é para que ele aguardasse a sua vez para receber as suas doses. Ele só deveria ser vacinado na segunda fase, que abrange a população de 60 a 75 anos, após todo o público alvo da primeira fase já ter sido vacinado.

A Agência Sertão entrou em contato com a secretária municipal de Saúde, Rebecca Pereira, para saber porque foi dada prioridade à vacinação do prefeito. Ela disse que o prefeito foi vacinado com o intuito de incentivar parte da população que está desacreditada da vacina.
“Ele se enquadra nos critérios de vacinação, tem 60 anos, é hipertenso e diabético. A intenção foi apenas encorajar àqueles que ainda estão resistente e questionam a efetividade da vacina. Juntamente com ele, a biomédica Mirele (que está na linha de frente) também foi vacinada. Amanhã iniciaremos com a vacinação do restante dos profissionais de saúde. Temos certeza que estamos fazendo o nosso melhor”, disse.

O questionamento também ocorreu no perfil oficial da Prefeitura de Candiba no Instagram. Muitos comentários questionaram o critério usado para a vacinação. A postagem chegou a ser arquivada e sumir do feed, voltando em seguida com a sessão de comentários desativada.

Na manhã desta terça-feira (20), Reginaldo Prado se pronunciou em vídeo falando sobre a decisão de se vacianar. O Ministério Público vai investigar a conduta do prefeito.

Prefeito também furou fila em cidade do Sergipe

Na cidade de Itabi (SE), o prefeito também furou a fila de vacinação da Covid-19. Júnior de Amynthas (DEM) foi o primeiro a tomar a vacina. Ele não fazem parte do grupo prioritário, que engloba profissionais de saúde da linha de frente, indígenas aldeados e pessoas com deficiência que vivem em instituições inclusivas.

A justificativa, segundo nota oficial da Secretaria de Saúde, foi a de incentivar a população a aderir à campanha de vacinação.

*Atualizado às 21h31 para incluir fala da secretária municipal de Saúde

Destaques Prefeito fura a fila da vacina em Candiba

Deixe uma resposta

Relacionadas