23.8 C
Guanambi
Bahia Conquista e Região Estelionatário acusado de aplicar mais de 100 golpes em mulheres foi preso...
terça-feira, 20 abril, 2021
Anúncio

Estelionatário acusado de aplicar mais de 100 golpes em mulheres foi preso em Vitória da Conquista

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Um foragido da justiça que possuía diversos mandados de prisão em aberto pelo cometimento do crime de estelionato foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta quinta-feira (11), em Vitória da Conquista.

Ele foi preso após abordagem a um ônibus interestadual no Km 830 da BR-116. Os policiais solicitaram os documentos do motorista e dos passageiros para consulta detalhada no sistema. Um dos passageiros apresentou uma CNH falsa aos policiais que notaram a falsificação.

O passageiro utilizou nome e identificação de outra pessoa com o intuito de enganar a fiscalização. Após alguns minutos de conversa, o homem relatou que comprou a CNH por 600 reais na Praça da Sé, em São Paulo e sabia que a carteira era falsa.

Dando continuidade às diligências e após consulta ao banco de dados e sistemas policiais utilizados pela PRF, foi descoberto o verdadeiro nome do passageiro e constatado que ele possuía em seu desfavor vários mandados de prisão em aberto decorrente de processo por crime de estelionato, praticado nos mais diversos lugares da Federação.

Conforme investigações da polícia, o foragido que responde a inquéritos policiais em vários estados do Brasil é apontado como autor de aplicar golpes em mais de cem mulheres. Ele também é acusado de roubar carros.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao homem que é morador do município de Piracicaba (SP), sendo este encaminhado à autoridade competente da Delegacia de Polícia Federal de Vitória da Conquista (BA), para as providências cabíveis.

O crime do artigo 171 (Estelionato) está previsto no Decreto-Lei nº 2.848 do Código Penal Brasileiro “Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”. Tem pena de reclusão, de um a cinco anos, e multa.

Relacionadas

Mais Lidas

Meteorologia prevê semana com chuvas na região de Guanambi

O tempo seco e calor deram espaço para a chegada de nuvens carregadas na região de Guanambi, deixando o tempo nublado desde o fim...

Cantor Igor Kannário foi condenado a indenizar policiais militares de Guanambi

O cantor e deputado federal Igor Kannário (DEM) foi condenado a indenizar nove policiais militares do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Guanambi,...

Universitária guanambiense foi encontrada morta dentro de residência em Caetité

Uma jovem de 21 anos, identificada como Bruna Stefani Castro, foi encontrada morta dentro de sua residência, na tarde desta quinta-feira (15), em Caetité....

Guanambi registra 60º óbito em decorrência da Covid-19

Mais um óbito por complicações da Covid-19 foi registrado em Guanambi, nesta segunda-feira (19). A informação consta em uma nota divulgada pela Secretaria de...

Major da 77ª CIPM de Vitória da Conquista morre após acidente na BR-116

Um policial militar morreu após a moto em que estava ser atingida por um carro na noite de sábado (17) na BR-116, no município...

Prefeitura de Guanambi atualiza normas restritivas e amplia flexibilização do comércio

Um novo decreto com medidas restritivas para tentar frear o avanço do coronavírus foi publicado no Diário Oficial do Município, desta segunda-feira (19). As...

Deixe uma resposta