23.3 C
Guanambi
18 C
Vitória da Conquista

Guanambi vai inaugurar terceira unidade para tratamento da Covid-19

9,207FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever

Últimas Notícias

Mais Lidas

A Prefeitura de Guanambi vai inaugurar, nesta quarta-feira (10), a terceira unidade para tratamento da Covid-19 no município. A informação foi divulgada pela Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura de Guanambi.

A nova unidade está sendo instalada na Clínica Universitária disponibilizada pelo Centro Universitário – UniFG. A estrutura fica localizada à Avenida Barão do Rio Branco, no Centro da cidade.

A inauguração ocorrerá as 15h e a visita guiada será restrita para imprensa e representantes de instituições, para não gerar aglomerações. A ação será transmitida, por meio de uma live.

O local será usado para internação de pacientes, com o objetivo principal de desafogar o movimento do Pronto Atendimento (PA Covid), que continua sendo o único lugar que os pacientes com suspeita da Covid-19 devem procurar por atendimento médico. Os hospitais de campanha (Hospital Municipal e Centro de Saúde UniFG), não farão atendimento direto.

O secretário de administração, Felipe Duarte, é um dos idealizadores do projeto de implantação dos novos leitos e intermediador da prefeitura com a instituição de ensino. À Agência Sertão, o secretário informou que a ideia inicial era implantar 16 leitos. No entanto, devido a gravidade do cenário epidemiológico no município, vão ser implantados 30 leitos clínicos.

Ainda conforme o secretário, essa é uma parceria da Ânima – UniFG e a disponibilização do espaço será sem custos para prefeitura. Segundo ele, a FIP Guanambi também dará apoio com os equipamentos, dentro do programa Mais Médicos, uma contrapartida da instituição para infraestrutura de saúde do município.

Além disso, na segunda-feira (8), a Prefeitura de Malhada, por meio da Secretaria de Saúde, emprestou um respirador completo para ser utilizado nas ações emergenciais da unidade. O material foi entregue pelo secretário Marcelo Kumaira.

Na terça-feira (9), Dr Luia, representando o Hospital Nova Aliança, seus diretores e sócios, foi recebido pelo secretário de Administração, e realizou o empréstimo de um equipamento médico monitor de sinais vitais, que será utilizado na Sala Vermelha da nova estrutura de saúde.

Situação dos leitos em Guanambi

As duas unidades que atendem pacientes com a Covid-19 em Guanambi estão com lotação máxima. De acordo com o Boletim Epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (10), o Pronto atendimento (PA Covid) e o Hospital de Campanha estão com 100% de suas capacidades ocupadas. No momento são 38 pacientes de Guanambi internados nas duas unidades e hospitais de referência, em Vitória da Conquista.

O Hospital do Câncer em Caetité (Unacom) ainda está esperando a resolução de questões técnicas relacionadas ao oxigênio. No dia 4 de março, a Ascom divulgou que o prefeito de Guanambi, Nilo Coelho, conseguiu junto ao secretário estadual de saúde, Fábio Vilas-Boas, destravar a liberação da estrutura de oxigênio para agilizar a abertura da Unacom, que está vindo de Recife.

Além disso, o prefeito solicitou ao secretário a abertura de 30 leitos clínicos e 10 de UTI no Hospital Geral de Guanambi (HGG). Nesse sentido, a diretora do HGG, explicou que está articulando com o Governo do Estado, e já alinhou a abertura de 10 leitos de UTI e 10 clínicos.

Segundo a diretora, a unidade não possui capacidade para o quantitativo de 30 leitos clínicos, uma vez que o hospital não é exclusivo à Covid. Salientou também que o atendimento do HGG é destinado para região de 31 municípios e não somente o município de Guanambi.

Coronavírus em Guanambi

Mais 25 casos da Covid-19 foram registrados em Guanambi nesta terça-feira (9). A informação consta no boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Ao todo, o município registra 4.259 casos, com 4.015 pacientes considerados recuperados. O número de pessoas com o vírus ativo é de 213 em Guanambi. O município confirmou até o momento 31 óbitos por complicações da Covid-19.

Os dois últimos foram registrados neste domingo (7). Nos 68 primeiros dias de 2021 morreram 16 pessoas, superando o total de 15 mortes registradas em 2020. Sete óbitos foram registrados nos 7 primeiros dias do mês de março, ou seja 43,7% do total de óbitos em 2021.

Além disso, 216 pessoas aguardam resultado dos exames laboratoriais.

Destaques Guanambi vai inaugurar terceira unidade para tratamento da Covid-19

Deixe uma resposta

Relacionadas