28 C
Guanambi
24.6 C
Vitória da Conquista

Agnaldo Timóteo morreu neste sábado, vítima de Covid-19

9,211FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

O cantor Agnaldo Timóteo morreu na manhã deste sábado (3), vítima das complicações da Covid-19. O anúncio do falecimento foi feito pela família por meio de nota à imprensa.

Agnaldo Timóteo tinha 84 anos e estava internado desde o dia 17 de março, no Hospital Casa São Bernardo, no Rio de Janeiro. Ele foi intubado no último dia 27 após piora no seu quadro de saúde.

“É com imenso pesar que comunicamos o FALECIMENTO do nosso querido e amado Agnaldo Timóteo. Agnaldo Timóteo não resistiu as complicações decorrentes do COVID-19 e faleceu hoje às 10:45 horas. Temos a convicção que Timóteo deu o seu Melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha”, disse a família, em nota.

Nascido em Caratinga, no Leste de Minas Gerais, em 16 de outubro de 1936, o artista completou mais de 60 anos de carreira como cantor e compositor e lançou mais de 60 álbuns musicais ao longo dos anos.

Em 2019, Agnaldo Timóteo venceu um princípio Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele passou mal em Barreiras, no Oeste da Bahia, no dia 20 de maio daquele ano, com quadro de vômito, glicemia baixa e pressão alta. No dia seguinte, foi transferido para o Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, onde foi diagnosticado um princípio de AVC e um quadro de infecção urinária.

Depois de alguns dias internado na capital baiana, a família decidiu transferir o artista para São Paulo. No fim de maio, o cantor saiu do coma induzido e passou a respirar sem aparelhos. Dois meses depois, já em julho, ele teve alta do Hospital das Clínicas. Muito emocionado e em cadeira de rodas, na saída, ele agradeceu a torcida e apoio dos fãs e seguiu para casa de carro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, onde deu continuidade ao tratamento.

Timóteo esteve em Guanambi no ano de 2015, quando se apresentou no Clube de Campo Guanambi, em um evento que também teve as apresentações de Ângelo Máximo e The Fevers.

Brasil Agnaldo Timóteo morreu neste sábado, vítima de Covid-19

Deixe uma resposta

Relacionadas