30 C
Guanambi
19.9 C
Vitória da Conquista

Caminhoneiros, motoristas do transporte coletivo e comunicadores acima de 40 anos serão vacinados nesta segunda-feira em Guanambi

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




O Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Guanambi divulgou na tarde deste sábado (5), a data e horário de aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 nos profissionais “acima de 40 anos”, como os caminhoneiros, motoristas do transporte coletivo rodoviário e intermunicipal, e profissionais de comunicação, todos residentes em Guanambi.

A vacinação com a Oxford/AstraZeneca para estas categorias acontece nesta segunda (7) das 8h30 às 11h na Câmara de Vereadores de Guanambi.

Motoristas do transporte coletivo devem apesentar a carteira de habilitação (CNH), cópia impressa do último contracheque e comprovante de residência emitido nos últimos 30 dias).

Já os caminhoneiros precisam apresentar a carteira de habilitação (CNH), documento do veículo no nome do (a) usuário (a), ou carteira de trabalho, comprovando o exercício profissional, ou, declaração do proprietário do veículo que o (a) usuário (a) é prestador (a) de serviço e comprovante de residência emitido nos últimos 30 dias).

Por fim, os profissionais de comunicação precisam levar o documento de identificação pessoal com foto, registro profissional ou carta da empresa onde trabalha atestando o vínculo empregatício.

Além destas categorias profissionais, nesta segunda-feira e terça-feira (8) serão vacinadas as pessoas de 59 anos.

Até esta sexta-feira (4), 34.305 doses de vacinas foram aplicadas. Foram 23.458 pessoas vacinadas com a primeira dose, sendo que 10.847 receberam também a segunda dose.

Guanambi acumula 8.084 casos da Covid-19, com 336 ativos. No momento há 43 pacientes hospitalizados com a doença nas unidades de saúde do município e nos hospitais de referência da região. Ainda restam 603 pacientes aguardando resultado dos exames e 84 não resistiram aos problemas causados pela doença e morreram.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -