28.4 C
Guanambi
20.6 C
Vitória da Conquista

Guanambiense fez sua estreia no Campeonato Brasileiro

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

O volante Antônio Fialho de Carvalho Neto, de 18 anos, natural de Guanambi, fez sua primeira partida da carreira pelo Campeonato Brasileiro. Ele compõe o elenco do Atlético Mineiro e entrou nos minutos finais da partida contra o Atlético Goianiense, nesta quinta-feira(1º), substituindo o argentino Zaracho, no time comandado pelo técnico Cuca.

O jogo válido pela oitava rodada da competição terminou com o placar de 4 a 1 para o time de Neto, com dois de Zaracho e dois do também argentino Nacho. Por ter entrado faltando pouco mais de dois minutos para o fim do segundo tempo, Neto não teve oportunidade de participar dos lances. Ele vinha sendo relacionado nos últimos jogos do time, porém só pode entrar em campo pela primeira vez nesta rodada. Em abril, ele ficou alguns dias afastados da equipe após testar positivo para a Covid-19. Recuperado, foi reintegrado ao elenco.

Esta foi a quinta partida de Neto como profissional com a camisa do galo, as quatro primeiras foram pelo Campeonato Mineiro. As duas primeiras ocorreram em 2019, quando ele tinha apenas 16 anos e já havia sido promovido à equipe profissional. O meio-campista foi titular contra a Tombense naquela oportunidade, tornando-se o primeiro jogador nascido no ano de 2002 a atuar no futebol profissional no Brasil.

Em 2020 ele não teve oportunidades de atuar em jogos oficiais. Já este ano, ele jogou mais duas partidas pelo Campeonato Mineiro. A primeira foi novamente contra a Tombense, no dia 4 de março, com vitória do galo por 2 a 1. Já a segunda foi contra a Patrocinense, no dia 13 do mesmo mês, com vitória por 3 a 1. O Atlético se sagrou campeão da competição.

A estreia quase aconteceu em 2018, quando ele foi relacionado para uma partida contra o Paraná, pela 34ª rodada do Brasileirão daquele ano. Na ocasião o Atlético venceu por 1 a 0, mas passou sufoco no parte final da partida. Com receio de queimar o jogador, Levir Cupi, técnico à época, preferiu não lançar o adolescente no decorrer da partida. Se tivesse entrado, Neto entraria para a lista dos jogadores mais jovens a atuar pela competição em toda a história.

Considerado uma das joias das categorias de base do Clube Atlético Mineiro, Neto chegou ao clube em 2015, com apenas 13 anos, e  brilhou nas categorias de base do clube. Mesmo jogando em uma posição mais defensiva, o volante marcou 34 gols em 88 jogos pelas equipes sub-15 e sub-17. Antes de chegar ao Galo, ele passou pela Ponte Preta, em Campinas, no interior de São Paulo.

Ele também já vestiu a camisa da seleção brasileira, após ser convocado algumas vezes para a seleção Sub-17.

Neto foi criado no distrito de Ceraíma. Desde que foi para o Atlético, sua família foi junto para Vespasiano, cidade da Região Metropolita de Belo Horizonte onde está localizada a Cidade do Galo, centro de treinamento do Clube. Ele é filho de Eldan e Luciana, e sobrinho de Tatinha, ex-zagueiro do Guanambi Atlético Clube (GAC).

O portal Galo Digital reúne as estatísticas de Neto em sua trajetória pelo Atlético.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -