25.7 C
Guanambi
16.7 C
Vitória da Conquista

Hospital da Mulher conscientiza sobre prevenção e cuidados com o câncer de cabeça e pescoço

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




Promover a conscientização acerca da prevenção, diagnóstico e tratamento de cânceres de cabeça e pescoço. Com essa proposta, a Federação Internacional das Sociedades Oncológicas de Cabeça e Pescoço instituiu, em 2014, o dia 27 de julho como o Dia Mundial do Câncer de Cabeça e Pescoço.

Para lembrar a data e reforçar a necessidade da prevenção e cuidados à doença, o Serviço de Cabeça e Pescoço do Hospital da Mulher realiza durante o mês de julho, através da Comissão de Humanização, programação educativa com roda de conversa entre pacientes e especialistas da área.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer, o câncer de tireoide é o mais incidente dentre os cânceres de cabeça e pescoço em mulheres, ocupando o quinto lugar de incidência no Brasil, atrás dos cânceres de mama, cólon, colo do útero e pulmão.

O consumo de cigarros, álcool, má higiene bucal, além de infecção viral pelo vírus do papiloma humano (HPV), assim como o consumo de bebidas quentes, exposição excessiva ao sol, à poeira e infecção pelo vírus Epstein-Barr (EBV) são fatores de risco para o desenvolvimento de tumores.

Conforme explica o coordenador do Serviço de Cabeça e Pescoço do Hospital da Mulher, Lucas Silva, cada tratamento dever ser individualizado de acordo com o tipo de câncer e estágio. “Cirurgia, radioterapia, quimioterapia e iodoterapia estão entre as principais formas de tratamento para os cânceres de cabeça e pescoço”, pontua.

O Serviço

O Hospital da Mulher dispõe de corpo clínico e tecnológico avançado com equipe multiprofissional para tratamento dos cânceres que acometem a região da cabeça e pescoço, compreendendo as lesões que estão situadas externamente do crânio, até às clavículas. Até o mês de junho, mais de 11.500 atendimentos já foram realizados pela especialidade.

Como ser atendida

Para ser atendida no Hospital da Mulher, é preciso que a paciente passe por uma avaliação na unidade básica do seu município e, sendo perfil, ela será cadastrada no sistema Lista Única. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 0800 071 4000.

Ascom do Hospital da Mulher




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -