33.7 C
Guanambi
27.9 C
Vitória da Conquista

Temperaturas devem continuar baixas em Vitória da Conquista até a próxima semana

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




As temperaturas devem permanecer baixas em Vitória da Conquista nos dez primeiros dias de agosto. As mínimas tendem a continuar na casa de 12ºC e as máximas não devem passar dos 25ºC neste período. A partir do dia 11, o frio deve ficar mais brando na cidade.

As previsões dos institutos de meteorologia também apontam para a possibilidade de intensificação da garoa a partir do meio da semana. Aliada ao vento constante, ela deve contribuir para aumentar a sensação de frio.

A queda na temperatura está relacionada à chegada da massa de ar polar à metade sul da Bahia no fim de semana. Os efeitos ainda continuarão sendo sentidos, deixando o inverno mais rigoroso na cidade.

Em Vitória da Conquista, desde abril, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) não registra os dados meteorológicos por conta de uma pane na estação, localizada no campus da Uesb. Termômetros não oficiais registraram temperaturas na casa dos 12ºC entre sábado (31) e segunda-feira (2).

Entre as cidades baianas onde há estações em funcionamento, Piatã, na Chapada Diamantina, registrou a segunda menor temperatura do fim de semana. A marca atingida no início da manhã deste domingo (1º) foi 10,8ºC. Por conta dos ventos constantes com rajadas de velocidade superior a 35 km/h, a sensação térmica caiu a 2ºC.

O município mais frio do Bahia em 2021 é Santa Rita de Cássia, na divisa com o Piauí. No dia 9 de julho, o termômetro da estação marcou  8,2ºC, o menor registro do ano em todo o Estado. Na manhã desta segunda-feira (2), a temperatura caiu a 9,4ºC na localidade.

População em situação de rua

A intensificação do frio aumenta a vulnerabilidade da população de rua e a assistência à essas pessoas por parte do poder público de Vitória da Conquista. Por esta razão, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) emitiu nota para esclarecer que a informação sobre falta de políticas públicas nesta área não é verdadeira e não corresponde à realidade do município. A pasta afirma que já atende a população em situação de rua por meio da rede intersetorial (Desenvolvimento Social e Saúde) e demais políticas públicas.

O Serviço de Abordagem, por exemplo, identifica e atende as pessoas em situação de rua de segunda a sexta-feira, das 7h às 20h, e aos sábados e domingos, das 8h às 13h.

A Semdes mantém uma extensão do Centro Pop Adulto na Prefeitura da Zona Oeste e dois abrigos provisórios, além de parceria com as ONGs Casa do Andarilho e Lar da Misericórdia, que recebem as pessoas encaminhadas pelas equipes de Abordagem Social e Consultório na Rua. Durante a pandemia, o horário de atendimento do Centro Pop Adulto também foi estendido e passou a oferecer almoço.

O serviço também oferta banho, café da manhã, lanche da tarde, atendimentos com psicólogo, assistente social, educador social, atividades recreativas e oficinas como de letramento para alfabetização.

O atendimento à população em situação de rua acontece de forma espontânea, quando a própria pessoa busca o serviço ou por meio do Serviço de Abordagem Social, que realiza o atendimento na rua, em locais informados pela população ou identificados durante as atividades de acompanhamento nos logradouros públicos.

O número de telefone informado não tem relação com o serviço. O número da Semdes para situações referentes à população de rua é o (77) 3422-9328, em atendimento das 8h às 18h.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -