20.7 C
Guanambi
16.8 C
Vitória da Conquista

Reportagem do Jornal Nacional mostrou cheia do rio São Francisco em Carinhanha

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Uma reportagem do Jornal Nacional, principal programa jornalístico da Rede Globo, exibiu para todo o país a situação da cheia do rio São Francisco em Carinhanha, segunda cidade banhada pelo Velho Chico na Bahia.

Mesmo com a interrupção das chuvas nos últimos dias, o nível do rio continua subindo na cidade, devido ao escoamento natural das águas dos afluentes.

De acordo com a reportagem, a cheia inundou plantações, deixou quase mil moradores ilhados e estradas bloqueadas. O município registra 90 pessoas desabrigadas ou desalojadas.

“A gente fica com medo de entrar, a água tornar a entrar novamente na casa. Então não tem como a gente ficar”, disse a comerciante Vanusia Sena de Almeida à reportagem diante do quintal todo alagado.

De acordo com a prefeita Francisca Alves, a Chica do PT, enquanto o nível do rio não baixar, muitas comunidades permanecerão sem acesso. “O volume de estrago é incalculável. A gente ainda não tem como fazer isso, porque o município é muito grande. Nós temos mas de 83 comunidades que estão isoladas. Só uma delas não está isolada. Todas as outras têm problema com as enchentes”.

Usina de Três Marias ultrapassa 92% de volume útil, São Francisco continua com cheia em Minas e na Bahia

Nesta semana, o governo da Bahia reconheceu o decreto de situação emergência do município de Carinhanha.

Em outra reportagem exibida durante a semana nos telejornais do Estado, a gestão municipal de Carinhanha afirmou que o município tem tem perdido dez mil litros de leite por dia, já que o setor não tem como escoar a produção. Na agricultura, o prejuízo é de quase R$ 24 milhões, após plantações serem destruídas.

Malhada, primeiro município baiano cortado pelo rio São Francisco, localizado na margem oposta a Carinhanha, também sente os efeitos da cheia. Na localidade, muitas comunidades também estão isoladas pela cheia do Velho Chico.

Veja a reportagem

O nível do rio São Francisco deve continuar subindo mais alguns centímetros na Bahia até o meio da semana. Na cidade de São Francisco, no Norte do Estado, a cheia atingiu o pico na tarde desde sábado, chegando na cota 9,75 cm. Durante todo o dia e noite, o volume de água permaneceu neste patamar e deve iniciar a trajetória de queda neste domingo (16).

Em São Romão, mais acima, o pico de 9,50 metros foi registado na sexta-feira (14). Na madrugada desde sábado, o nível já havia caído dez centímetros.

Mesmo sem chuvas expressivas sobre as cabeceiras, o nível do rio vai continuar subindo nos próximos dias. A Usina Hidroelétrica de Três Marias, na Região Central de Minas, iniciou a abertura das comportas nesta sexta-feira. O volume de água vertido da hidroelétrica vai chegar a 3.480 m³/s na segunda-feira (17).

À 0h deste domingo, o volume útil dor reservatório chegou a 90,7%. Na última quinta-feira (13), a hidroelétrica registrou a maior vazão afluente em 60 anos de operação. Por segundo, o lago chegou a receber mais de 9 mil litros de água. O recorde até então era do ano de 1983, quando a vazão foi de 7.245 m³/s.

Outro recorde registrado na cheia do rio São Francisco é o volume de água armazenado para o mês de janeiro, também consolidado como o maior da história da hidroelétrica.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -